Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Novembro



Novembro sempre foi um divisor de águas para mim. Um mês de grandes reflexões, mudanças e transições. Acredito que o espírito natalino esteja chegando de mansinho é quando começo a falar menos e observar mais.

É quando começo a me preparar para Dezembro

E a balança de vida do que fiz. Daquilo que deixei de fazer começa a demonstrar o peso de sua importância e consequência.
Alguns arrependimentos tentam me convencer a pensar  o que fiz de outra forma, mas não tem jeito sempre pensei que mais vale me arrepender por algo que não fiz do que pelo que fiz.
Imagem AQUI

Penso que o segundo caso, deixou de ser planejado, sonhado, pensado ou sentido e passou a ser um fato devidamente consumado.
Algumas vezes acredito que o arrependimento de atos seja realmente uma perda de tempo como ouço dizer por ai. Porque posso fazer o que não foi feito e de repente de um outro jeito como também posso melhorar o que está feito.

Novembro para mim tem cheiro de chuva, de terra molhada, de fruto maduro, de flores voando, de vento passando e poeira se levantando.

Imagem AQUI

Mas arrependimento de ações materiais e principalmente as passageiras, acredito ser totalmente diferente de arrependimento de emoções, de sensações... vai dizer que nunca se arrependeu de ter sido grosso(a), de ter perdido a cabeça com fulano ou cicrano ? de ter dito aquele sim quando o coração gritava não, ou vice-versa? Esse arrependimento fere fundo a nossa alma, porque a vergonha toma conta de nossa essência. E a nossa cabeça fica um pouco mais pesada ao deitar, tamanho peso que levamos no coração.

Esse sim mostra que quando sentimos a dor da reparação, do conserto, quando nos humilhamos perante nossa arrogância e orgulho é porque aprendemos. 


A madrinha do Tiago diz que a depender  da dor, dificilmente tomamos topada em pedras de tamanhos similares.


E novembro tem esse cheirinho de poda intima, de retirada das folhas secas, dos galhos quebrados, de troca de adubo de emoções e sentimentos.

Tai um mês que me fascina



N O V E M B R O

Bjs
Debby :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você vai chorar comigo, vai rir comigo, vai recordar comigo, vai se emocionar.. vai viver comigo.
Mas quando sair comente..
E me faça feliz! Debby :) :)

Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!