Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Bem vindo, você é meu visitante número:

Bem vindo, você é meu visitante número: glitters Recados, Fotos, Imagens - Torpedo Gratis

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Final de dia



Muita paz para você..
E até daqui a pouco!!! rs 

Bjs e até a próxima 
Debby :)




Em 31 de Maio

Lendo o post muito emocionante da Mirys...
Me vi em cada paragráfo dela..
Talvez por já ter dado de cara com a morte levando entes amados e muito queridos.
Meu irmão morreu num acidente de carro em 2001 um dia depois de meu aniversário (31/08) ele sofreu o acidente e no dia 02/09 o Senhor Jesus o levou para seu rebanho.

Muita coisa dentro de mim mudou e muito.
Primeiro começei usando tudo que tinha vontade e nunca mais deixei alguma coisa seja lá o que for, muito tempo guardado, sem uso..
Deixo as coisas (principalmente as de ordem material) flutuar, viajar... e as vezes de mim literalmente se mandar ! rs rs rs
Lembro que quando casei em...em algum mês de 1994 ( não me lembro mais com sinceridade) ganhei um conjunto de baixelas para sopa. Lindo, lindo e lindo.
Em prata e com  as alças folheadas a ouro... muito lindo mesmo.
Guardei... passei 05 anos com eles dentro do meu guarda-roupa. Me separei...
Mas alguns anos e lá estavam eles. Só tirava mesmo a poeira da caixa, esperando o dia especial para usar.
Nossa quanta besteira !
No dia 02/09 quando voltava do cemitério.. e o clima não era dos melhores..nessa época morava no primeiro andar e meus pais no andar térreo..
Subi e senti o peso enorme do silêncio o do remorso por não ter chorado...
Sentei no chão da sala e fiquei olhando cada canto da casa... todos os móveis.
E me perguntando para que ?
Porque tanta coisa que não uso ?
Foi quando meus olhos viram a caixa enorme em cima do guarda-roupa no quarto..
Me levantei peguei e ali eu senti os pingos das lágrimas caindo em minhas mãos, me senti aliviada por estar chorando... abri tirei todo o forro.
Fiquei alguns segundos admirando... levantei.
Peguei uma sopa que já estava na geladeira esquentei..e desci na casa de meus pais para tomar a sopa..
E só naquele instante sentindo o sabor das minhas lágrimas eu percebi que não existe dia especial.
Enquanto tivermos vida todos os dias são igualmente especiais.. alguns tem algumas peculiaridas que os tornam inesquecíveis mas ainda assim são especiais.
Então não mais procurei desculpa para usar aquele vestido lindo vermelho, aquele sapato que estava quase dando mofo para não ser gasto.
E não só esses de ordem material mas principalmente os sentimentos.


S e n t i m e n t o s.

Conheço pessoas que levam anos e anos a fio guardando ressentimentos, ódios, raivas de algo ou de alguém..
E o pior, não se perdoam e nem perdoam !
Mas isso é uma outra história.

Aprendi e muito com o convivio bloguistico dos 3 Mosqueteiros.
E mais que aprender foi colocar em prática pequenas ações que tornam nossos dias diferentes, mais atrativos, mais feliz!
Colocar em prática "eu te amo"  não por meio de palavras mas através de gestos, da criatividade e acima de tudo demonstrar a minha afetividade.
Ainda que o dia esteja para chorar.

Sempre tive a minha madrinha como uma mãe... sabe aquelas pessoas que estão no seu rol de pessoas para toda uma vida?
Que você tem certeza de que nunca vão morrer ?? mas a própria vida, ainda que seja por osmose, faz você aprender que não é preciso esperar uma doença terminal, segurar um caixão para poder homenagear, para poder se desculpar ou perdoar.
Para poder pura e simplesmente demonstrar o seu amor por alguém.

É disso que estamos precisando de amor e respeito uns pelos outros.

Ontem era para postar o meu 31 de maio.
Mas meu dia foi um pouco atipico com a noticia da cirurgia de emergência no bb de um amigo nosso aqui do trabalho.
E ficamos apreensivos e quando temos filho então!
Nossa!!!! temos a maravilhosa mania de nos colocar no lugar do outro.
Digo maravilhosa porque quando assim agimos, sentimos na pele a aflição, a dor, o desespero... não de maneira intensa como eles sentiram claro.
Sempre quis entender essa coisa mágica que vem embitida junto com o ser mãe.
É quando a gente aprende porque uma mãe é capaz de dar a própria vida pela do filho.

Foi quando cheguei em casa e meu pequeno Jonh estava lá saltitando com Jack e os piratas da terra nunca , na disney channel. ( Já disse aqui que ele ama esse desenho ).. então mais tarde como sempre a insônia vem me despertar.. o João ainda acordado.. peguei sem ele ver meu passatempo preferido.. quebra-cabeça e quanto mais peça tiver melhor. rs rs rs
Esse tinha somente 250 quando ele chegou ao meu lado na mesa e mamaieeee viu a caixa e queria também me ajudar ....
Ajudar ??? rs rs
- Que isso mamãe ?
- Quebra-cabeça filho..

Ai gentem não é que meu pequeno deita no chão e tenta bater a cabeçinha dele.... rs rs
- Não filhoooo é um brinquedo aqui ôoo
Sentei ele no meu colo e mostrei como fazia.

E naquele instante abracei ele bem apertado, olhei para o Tiago ( no face arhggggg !!! rs rs) e agradeci a Deus pelo meu 31 de maio. Estando com as duas pessoas mais importantes da minha vida.


V i d a

Fiquei sem assunto, e sem muita vontade de postar até a cirurgia do pequeno terminar ontem a noite. E saber que tudo estava bem como realmente está.

E aqui estou agradendo mais uma vez a Mirys por esta oportunidade maravilhosa de demonstrar o meu carinho, o meu amor e o meu afeto.

Bjs e até a próxima
Debby :)





terça-feira, 29 de maio de 2012

segunda-feira, 28 de maio de 2012

No concurso Cultural da Jandaia

Me inscrevi e sincera e honestamente achei que não iria dar em nada!
Sério, então postei AQUI a minha candidatura rs rs ... os dias passaram e eu esqueci completamente de ver apurações, resultados e até mesmo de entrar no site.
Uma vez que algumas semanas depois de postar a minha frase só tinha uma visualização (provavelmente a  minha rs rs).
Eis que num belo dia recebo um e-mail assim:


Olá Débora
 
A galera desceu a lenha, declarou o amor, falou a real e quebrou o tabu.
E a sua história foi escolhida dentre milhares para levar o Kit de cadernos Jandaia para casa.

Responda, este e-mail com seus dados pessoais (nome, CPF e endereço completo) para mandamos o Kit para você.

Abaixo o link de participação.

Agradecemos sua participação, e esperamos que você continue participando dos outros concursos que
oferecemos no decorrer do ano através de nossas redes sociais.
 
Abraços
 
SAC JANDAIA
 

Então dei meu gritinho de guerra bem basiquinho e só meu para momentos de glóriaaaa yupiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii (em casa claro!) E agora os cadernos que ganhei.








Bjs e até a próxima e muito obrigada por ter votado em mim.


Debby :)




Insubstituível

Não é para confundir insubstituivel com inesquecivel.....
Inesquecível é aquele momento de profunda emoção seja ela positiva ou negativa que o coração capta a imagem e tatua na alma.
Mas temos a triste mania de só lembrar e algumas vezes nunca esquecer os momentos ruis, o sofrimentos que nos causaram algum dia.... ainda que este dia esteja bem lá no passado.
Insubstituível sou eu, é você.. é ela .. e mais aquela enquanto mãe.
Seja biológica ou adotiva mas quando existe o amor materno existe o elo, a ligação que se torna insubstituivel.
E porque nos prendemos no vacuo de um tempo passado?
Assistindo hoje pela primeira vez com atenção a propaganda da Nikon que é curtinha mas imensa em aprendizado.. quando poucas palavras dizem tudo.
Respondem a tudo


 Tudo que por algum motivo ficou segredado em nós, guardado, tatuado em nosso memória e que funciona como o frio de mão... quando chega o novo, o inusitado ele é automaticamente puxado e freiamos...
As vezes um beijo..


 Outras vezes um abraço, um aperto de mão.. uma pequena mas surpreendente emoção!
Porque será que ficamos tão maus assim que ouvimos um não... ?
Se existem tantas coisas para dizer, porque optamos por silenciar?

"Devo começar dizendo que te amo?
 Ou que os dias que passei com você foram os mais felizes da minha vida?
 Ou que, no curto espaço de tempo que nos conhecemos,
 passei a acreditar que fomos feitos um para o outro? 


 Trechos do livro Meu Querido John... fantástico 
Mas quando temos as respostas para todos esses questionamentos e elas não nos agradam ficamos irados algumas vezes, tristes decepcionados.
Porque ainda não sabemos viver um dia de cada vez?... sem depositar tanto a responsabilidade pela nossa felicidade, pela nossa alegria nos ombros do outro?
Os dias passam, os anos correm o mundo não para até que você aprenda com as próprias escolhas que é realmente muito doloroso algumas vezes esperar por algo que nunca vem..e ai você aprende a ter esperanças  mas que não significa deixar os dias passarem em branco, sem sentido e ficar esperando...
Esperar as vezes pode significar seguir em frente.. continuar a  caminhada... e algumas vezes mudar o sentido, a direção. 
E as respostas algumas vezes são tão simples que chegam a ser cômicas.
No acustico do Legião Urbana ainda com o Renato Russo tem uma cena que não me sai da cabeça..
Que é quando ele pergunta:
- Alguém ai já sofreu por amor ?
E a plateia claro delirando... levanta a mãe, dá gritinho e ouve-se alguns gritões.
E ele simplesmente responde
- Duvido, se fosse amor verdadeiro não faria ninguém sofrer.
mais claro que isso só água né ?
 Mas porque ?
Porque não conseguimos ver as coisas, as pessoas de maneira diferente ?






 Insubstuível é tudo aquilo que escolhemos com imprescindivel para nossa continuação, para que nossa história se perpetue mesmo depois de nós...
Insubstituível é aquele beijo que mesmo ao se beijar outras bocas o sabor jamais será o mesmo..
É o abraço que mesmo apertado em outros braços não nos deixam a sensação do eterno...
É o amor de uma mãe pelo te filho.. tenha elas quantos filhos tiver...


Inesquecível é aquele amigo que te ensinou a amar verdadeiramente sem importar a sua cor, a sua condição financeira...
Inesquecível é o som da primeira gargalhada de um filho... e o primeiro choro sentido.
É o torto e quedante caminhar de uma criança
Inesquecível é todo e qualquer sentimento que te faz sentir a mesma emoção, ter a mesma reação, ainda que esteja em outro lugar, em outra cidade, com outras pessoas.. tentando ser uma outra pessoa.


Mas e porque choramos e sorrimos tentando crescer ?
Porque será que quando sorrimos esqueçemos e quando choramos queremos algumas vezes sempre lembrar ?

Mas tem um porque que ainda faço questão de um dia responder:
porque o meu cuscuz nunca fica igual ao da minha mãe ??? rs rs rs


Esse post é um ensaio para a Quarta fase da Blogagem Coletiva Amor aos pedaços..- Questionamentos.




Bjs e até a próxima
Debby :)




 

sábado, 26 de maio de 2012

Meu filho cresceu e agora ?


Hoje mais uma vez quase tive um faniquito quando a "coleguinha" de Tiago esteve aqui em casa para levá-lo para ir "ali"... mas tudo começou assim.
- Mãe posso ir ali com uma amiga...
-Ali onde ? e que amiga?
- Ver os menininhos no campinho jogar bola . E é a Ayala.
Agora olha a referência .
- Aquela loirinha do face que a senhora disse que era uma gatinha.
Pronto foi o suficiente para eu ter surto de uma curta duração mas que em minha cabeça durou uma eternidade.
Olhei para a Janela - Será que vai chover ??? ( eu sei, me senti ridicula também).
- Vai voltar que horas ?
- Ah mãe não sei quando acabar o jogo. E lembre-se estou sem celular.
Mas nem pensei duas vezes 
- Tome leve o meu e deixe ligado.. qualquer coisa me liga. Essa sua amiga mora onde mesmo ?
- De novo ???? 
rs rsrs
- Aqui na rua ali embaixo, ela está vindo..
- Acho bom eu quero vê-la melhor...
- Ham? o que ?? minha mãe não me faça pagar esse mico na frente da menina... mico não. Um king kong pensando bem.
-Filho, preciso saber com quem você anda e onde você vai ...
O Perfume estava saiindo pela janela do quarto dele ...(precisa disso tudo para ir ver um jogo de futebol ??? )
Masssss deu de novo vontade de me vestir camuflada e pegar o João a tira-colo... e seguir meu filhote que já está um rapaz...
Quando aconteceu isso no cinema, lembram ??? eu jurei a mim mesma que não ia me comportar assim mas ainda não foi dessa vez. 
A verdade me caiu como um trovão (exagero eu sei !!!! rs rs rs) no trecho do Caetano " o tempo não para e no entanto ele nunca envelhece. ".


Bjs e até a próxima
Debby :)


sexta-feira, 25 de maio de 2012

4ª fase da blogagem coletiva Amor aos Pedaços


CLicando na imagem você vai saber de tudo sobre essa blogagem maravilhosa que está me dando muito orgulho e imenso prazer em participar. 
Luma e suas 3 R's rs rs mais uma vez muito obrigada meninas por essa experiência única e maravilhosa em minha vida.

Já passamos pelo Encantamento na 1ª fase
Passamos pelo Desencanto na 2ª fase
Criamos muita Esperança na 3ª fase
E agora estamos entrando na 4ª fase - Questionamento.



E porque será que  choramos, que nos despedaçamos quando algo ou alguém se vai ?
Porque ele(a) não quer mais ?
Porque temos fé em algo que nem enxergamos, que não tocamos mas que sentimos?

E o que é sentimento ?
Vocâ já sentiu ? viu o sentimento ?
O que sentiu ?
Dizem que quando sorrimos é porque estamos felizes, como assim ?
Como eu sou feliz se estou chorando ?
E Porque choramos de rir ?

Então !
Via lá e confere e não esquece de dia 15/06 dá um pulinho aqui e ler um pouco sobre questionamento....

Bjs e até a próxima
Debby :)




quarta-feira, 23 de maio de 2012

Está chegando o dia D





Com eles do Diário dos 3 Mosqueteiros eu aprendi um tantão de coisas nesse mundo blogueiro. Mas muito mais do que aprender bom mesmo é quando colocamos algo altamente positivo em prática.
Se quiser saber mais sobre este dia tão importante é só clicar na foto acima.

Então não espere uma data especial, um dia de aniversário, festas e etc para demonstrar o quanto gosta de uma pessoa.
O quanto aquela pessoa é importante e traz significado em sua vida.
Não espere para amanhã para levar junto com um bom dia, ou um simples boa noite toda sua ternura e gestos que demonstrem o quanto alguém que faz parte de sua vida...
O quanto ela te faz bem...
O quanto ela faz falta..
O quanto ela significa para você mais por dentro do qe por fora.

Vai lá e confere.
Mirys obrigada de coração 

Bjs e até o próximo post
Debby :)


terça-feira, 22 de maio de 2012

Um novo dia - Ilumina aê !!!




"Não é porque as coisas são difíceis que a gente não ousa,
 é porque a gente não ousa que as coisas difíceis." ~Séneca

Bjs e uma excelente terça-feira
Debby :)


Um dia D - DAQUELES !



E tudo começa assim... na chuva... em baixo de muita chuva.
Em plena segunda-feira que para mim é o "pior" dia da semana para conseguir chegar ao trabalho com uma carinha boa.
Porque ?
A pessoa não tem babá final de semana... então a casa vira um verdadeiro, enorme e raro parque de diversões.
Faxineira então! nem pensar.
A roupas mais pesadas por causa da chuva e da falta de cobertura na área de serviço estão quase indo sozinha para a máquina de lavar e essa última se auto-programando rs
Arrumo tudo bem rapidinho, livro (estou lendo a hospedeira de Stephenie Meyer, muito bom por sinal, assim que acabar de ler falo sobre ele aqui tá ), acessórios rs, agenda, bolsinha com din din porque hoje a noite tenho consulta com o neurologista.. e quando vou procurar o ziper da bolsa para fechar .... kd????


Eu paro.. respiro e conto suavemente até 10.. Isso as 06:30 da manhã.
Rezando para não chover porque meu guarda-chuva esqueci na casa da mamys quando fui lá na ultima chuva rs rs rs se não, é problema levar o João com um pé d'água desabando em minha cabeça.
Bem lá vou eu para o guarda-roupas pegar outra bolsa.... achei uma inteira a única por sinal mas é pequenaaaaaa olha o desespero!!!! .
Tá, só tem tu né fazer o que ?
Tirei tudo o mais depressa que pude e coloquei na bolsa "nova"  .... não notei que na pressa deixei uma bolsinha de cartões de banco, de algumas lojas e mais umas notinhas de alguns reais que eu sabia que iria precisar para hoje a noite.
 Pois bem... fui para minha segunda-feira para o trabalho com cara de ontem..e disposição da quinta passada rs rsrs
Hoje tive consulta com oftalmo  as 12:20 para não chegar atrasada para a volta do almoço.
Mas quando chove esqueci do tormento, do caos que se torna o trânsito de Salvador... e cheguei com uns 40 minutos de atraso ao consultório que levo uns 15 em dias lindo de sol e a pé. A consulta começou as 13:50... o estomago estava uma festinha que só de fome..
Voltei pro trabalho ... tudo normal até então até mesmo o cansaço horrivel e a vontade de voltar pra casa e me jogar na cama.
Então !
Estou indo para a consulta com o neuro as 17:30, mas por causa da chuvinha tenho que sair algumas horitas mais cedo. Peguei o ônibus como faço sempre.
Bem a sessão relax começa assim ,sem trilha sonora porque o fone do celular deu tilt. Pego o livro começo a ler mas fico sem vontade, pego a minha agenda que é quase um diário e rabisco alguma coisa. E volto para ler...
Desço vou para consulta normalmente.
Até que foi rápido.. volto para o bom e velho ponto de ônibus onde fico, em dias de normais sem chuva.. admirando o por do sol maravilhoso ali da praia da Ondina. Quando vou me preparar para pegar o R$ para pagar o coletivo ..... kddd???
Nessa hora eu juro.... que:
1) se eu não tivesse no auge da idade da lobinha rs
2) se eu não tivesse fé em Deus e certeza de que nada acontece por acaso
3) se não fosse no horário de pico da faculdade que tem bem ali pertinho e de onde saiam um monte de outras pessoas
Eu chorava, eu berrava, eu gritava... e perguntava ( só não sei se iria olhar para cima !! ) porqueeeee ????
Não tem horas que choro mesmo quando tenho raiva principalmente quando tenho raiva de mim mesma. E foi como estava nessa hora.
Isso as 18:20... 
bem geralmente a gente tem uma listinha de anjos de resgate .. aquela ou aquelas pessoasque você nem pensar em ligar porque sabe que a ajuda vai chegar.  É do tipo a listiha de A a Z... mas não necessariamente nessa ordem alfabética se é que me entende.
Então liguei para minha primeira opção ... que eu sabia que não tinha carro, que morava um tanto quanto longe de mim mas que tem o dom de me acalmar...
Rose mulher vc mudou o número do seu celular E NÃO ME AVISOUUUUUUU ???? rsrsr
Então quando algumas de suas prováveis opções começam a sumir o desespero toma conta né ?
Pensei na coelhinho lembram ? que é gerente da clinica que eu fui.. mas lembrei que ela estava numa reunião lá na administração.... fiquei um bom tempo sentindo a mistura agridoce das minhas lágrimas com a água da chuva entrar pelos meus lábios...
Olhando para o mar..
Nossa e como o mar nos ensina né?
Então criei coragem respirei fundo e liguei para a pessoa que me ajudou ... que de certa forma me socorreu mas não do oco em que eu me encontrava.
Porque a pessoa foi como de praxe falou issozinho aqui, aquilozinho acolá... e eu sentindo naquela hora o gosto agora mais salgado do que doce das minhas lágrimas. Não de revolta, não mais de raiva.
Mas de gratidão a Deus  por poder chegar em casa e prometer a mim mesma nunca mais esquecer a minha bolsinha de emergência em lugar algum.
Cheguei em casa as 17:50
mais cansada do que qualquer outro dia, talvez pela humilhação que passei nas horas anteriores..mas quando chego em casa que vejo meu filhos, meus dois amores, minhas duas alminhas encantadas, mágicas e abençoadas. Eu esqueço toda tristeza e conto até 10 mas não mais em tom de descontrole pelo estresse e pressão do dia mas em tom de oração, em tom de gratidão.
Tá pensando que a ódisseia acabou ?
Na na ni na nãooo



 O João agora está me esperando chegar do trabalho para poder brincar, correr,pular,colorir, pintar o sete assistir desenho.. e a mamys aqui um caquinho.. faço uma farrinha para ouvir a gargalhada de meu pequeno enquanto meu outro não tão pequeno está onde ?? onde ?? no facebook rs rs Isso as 22:00


E hoje lendo o blog da Dani quando comecei a ler o primeiro parágrafo adivinha de quem eu lembrei ?? rs rs rs


Agora deixa-me ir.. vou por ai.... vou dormir rs rs
Bjs e até a próxima
Debby :)






sexta-feira, 18 de maio de 2012

Um domingo de fortes emoções

O presente que ganhei do João na creche estava dentro dessa caixa.. olha que fofinho a mão do meu artista.. e ele adora isso !! tinta , lápis e colorido é com ele mesmo.
Mas tirando uma noticia que meu deixou um pouco triste que aconteceu com um amiga mas, que com fé em Deus sei que ela vai superar e em breve teremos boas noticias...


O meu domingo foi assim cheio, repleto de fortes emoções primeiro porque foi assim como é que posso lhe explicar ... mãe para mim, é mãe todos os dias. Claro ! O B V I O  rs Então o mercado como sempre em que lucrar um din din em cima de nossas pobres carteiras e resolve tornar uma data .. que seja!!! rs rs Então 
Primeiro ganhei presente dos meus pimpolhos lá em casa claro...


Depois fui para casa de meus pais, como já disse aqui antes.. sempre termina em festra claro ! e como não pode deixar de ser cheguei lá com D. Maria Alice (mainha rs rs) fazendo a comidinha ao som ilustrissimo (misericódia rs  ... ) de pablo... conhece ?? acho que não né ??
Melhor assim !!!


Todos ai em cima são da familia Acácio que não é tão BIG quanto a Rocha rs rs mas tem seus momentos inesquecivéis e a maioria redondinhos causados pela ( já viram ai né ? Skolzinha ! rsrs ) é... eu sou a úniquinha que não bebo, antes só socialmente mas depois da gravidez dos meninos gostei tanto de ficar sem tomar cerveja.. que hoje prefiro vinho exceto o Pergola ( o motivo já sabem né ??? rs rs ). Mas, pasme quem ensinou a minha mamys a tomar uma cervejinha foi a minha vozinha essa que está ai em cima D. Ester... no auge de seus cabelos brancos... vó se defende aê... ! rs rs
Então... neste domingo também foi dia do clássico BAVI.. Bahia X Vitória pelo campeonato bahiano de futebol.
Bem na familia em sua maioria e quase totalidade todos são manchados (rs rs) pelas cores azul, vermelha e branca . E uma pequena, irreverente e como sempre inteligente rs rs minoria torce pelo Vitória .... ( que no resumo e é mais fácil de enumerar eu, meu pai e minha Tia Gal.. aquela de azul a direita da minha vó.)
 Tiago nesse dia foi altamente elogiado pelo esmero e capricho no churrasco ... viram a vista? Perfeita né ???  ( adoro isso... )
João entre carinhas e boquinhas... agora acha que meu cabelo é peruca e minha bochecha é de plástico... só pode né ? rs rs 
Então o jogo começou

Mas antes eu preciso fazer uma pequena pausa para falar sobre meu primo esse de azul ai.. nossa mas falava, xingava, nossa! a impressão que eu tinha. E já estava quase acreditando.
Era que no minimo ele achava que o Juiz , os jogadores estavam ouvindos os comentários dele lá de casa ! rsrsrs
Então o Baêa perdeu um lance de gol.. ( dos tantos que teve rsrsrs)

E guenta coração....detalhe que em todos os jogos meu irmãozinho lindo adora ficar no camarote dele.. bem ali ôoo na janela e sabe porque ???? gente acredite.... ele faz um barulhão a cada gol... que não sei como ela não sai quicando pelo chão !!! rs rs
Mas quando o meu vitorinha fez um gol eis que surge uma ruiva linda saracutiando na frente da tv para a infelicidade da nação tricolor rs rs rs kkk e olha só...
- Sai dai pomba sujaaaa (palavras do meu primo ) 
E olha que ainda arranco fora esse dedo dele viu ? rs
Meninas, minhas primas C C e C... rs rs olhem como Tio Clóvis está rs rs
Será que é hora do gollll
E pior... que foi... rs rs

Agora imagina a seguinte cena :

Tomada 1 ) Euzinha aqui com a maquina na mão, cara de vice e de pastel... rsrs
2) Marcelo meu maninho dá um berro, um grito de não sei quantos decibéis ( BAÊAAAA minha P........ AAAAA ) rsrsrs


3) Sacode minha cabeça para a direita e para esquerda numa velocidade que eu jurava que sentia meu pequeno e sensivel juizinho  saracutiando e pedindo peniquinho aqui dentro! rsrs


Imaginou ??? Pois foi assim que aconteceu !!!


Bem gentem esse pos eu espero que alegre os pedaços da familia rocha e acácio que estão espalhados na Autralia, nos Estados Unidos, em Sampa e minha amiga e comadre na Suiça...


Bjs e até a próxima
Debby :)




quarta-feira, 16 de maio de 2012

Para não passar em branco



O passado por mais doloroso que tenha sido faz parte de nossa caminhada
Foi e sempre será a base para cada recomeço
Porque teremos que simplesmente olhá-lo alguma vez
Para recordar... para lembrar do doce ou do amargo
E assim decidir hoje, no presente se continuamos, se mudamos...
Se recomeçamos


Bjs e até a próxima
Debby :)


Dia internacional da Familia


Fiquei sabendo da Roda de Interação aqui no blog da Norma e me encantei pelo tema.
É certo que fiquei de postar mais cedo... mas a minha nada mole vida de vez em quando não me deixa nem ir ao banheiro durante o dia no trabalho.

Nasci numa familia grande... quer dizer contando com primos tios, tias, papagaios e periquitos. Só uma tia minha tem mais de 8 filhos ... rs rs
Então! eu sou apaixonada por estes momentos recordar é viver... cada um com sua esquisitisse, particularidade mas acima de tudo unido, junto... tudo bem que tem momentos em que o bicho pega e acho que isso acontece em qualquer familia.
Nascemos em 4 e hoje somos 3... 
E ainda lembro de cada detalhe, cada minuto do dia 02 de setembro que foi quando meu irmão foi morar com Deus..e senti na pele, no coração e na alma o significado da palavra perda...
Inicialmente egoista claro, no sentido de posse onde temos a tola ilusão de que alguém é nossa propriedade pelo fato de amarmos muito..mas a própria morte que é o oposto da vida nos mostra que, não... e nos ensina a viver em vida,,, a sentir tudo em vida.
E percebo hoje com um certo pesar e muitas saudades de algumas coisas de minha infância e juventude. Da inocencia, da cordialidade , da gentileza e de uma gama de sentimentos e atitudes nobres que o mundo de alguma forma hoje está tentando levar para o lado da anormalidade...
É dificil para mim falar de familia, pois para mim como base familia é essencialmente composta de pai / mãe e filhos(as). E quando um desses pratos não existe na balança seja de que lado for, sempre fica faltando alguém, faltando um pedaço...principalmente quando temos crianças no meio desta balança.
Levei muito tempo para perceber a importância de uma celula familiar na vida, na educação e no cotidiano de uma pessoa. independendo da sua condição financeira ou grau de escolaridade. Mas principalmente e essencialmente pela presença de Deus no seu coração.
Converso muito com ele (Deus) e digo.. Senhor o fato de não frenquentar assiduamente uma igreja, que foi no meu ver "construida" por homens tão imperfeitos e falhos como eu, não me fazem menos digna para que entres em minha casa, em minha vida, em minha alma. Porque sinto-o senhor em cada elemento vivo, dentro e fora de meu corpo.
E mais ainda nas coisas simples e pura... e como não acertei na condição de sustentar uma relação com estes que deveriam ser pais e mais presentes na vida de meus filhos, mesmo que a minha vontade não seja mais de compartilhar a minha vida com eles. Te imploro para que sejas sempre o pai de cada um deles.

Unidade...

Então, mais que papéis sociais a familia é a base da qualidade de vida de qualquer pessoa desde que nesta familia reine o amor, o respeito e acima de tudo a compreensão.
Nos dias de hoje esta tão comum as separações, divorcios que fico com o peito oprimido e me perguntando, será que estamos indo mesmo pelo caminho certo quando vamos escolher aquele ou aquela com quem queremos compartilhar uma vida inteira.
Mas é tudo tão relativo hoje, e os sentimentos eu sinto, estarem entrando nessa relatividade também.. é triste eu sei ! mas é um pouco verdade isso.
É raro quando quase não existe diálogo em algumas familias hoje...
Os jornais, a midia infelizmente sobrevive do oportunismo em cima de noticias violentas, tristes mas que de certa forma atinge uma familia.

Ainda sinto em meu nariz o cheiro forte de urina , vejo os colchões pelo chão.. e pais e mães vagando pelo corredores dos asilos que visitava. E com muita tristeza no coração eu lia no quadro de avisos uma lista enorme com telefones de filhos, filhas, parentes  para casos de urgência e emergência. A D. Maria que nossa!!! eu adorava aquelas ruguinhas no rosto dela, e as lágrimas caem agora como caiam depois que eu ia embora.. porque ela sentava com a cadeirinha dela todo final de tarde após o banho,e a alfazema era sagrada, para esperar a filha dela que disse a alguns domingos de anos lá atrás que iria ali e já voltava.
E pensar que uma familia começa com um pai e com uma mãe...
Não me cabe aqui julgar ninguém, cada um de certa forma aprende na lida da vida que é responsável por seus próprios atos.
Mas Jesus quando aqui esteve foi só gestos de amor, de piedade, misericordia, apelos e caridade diante de nossos gestos e jeito de ser muito pobre de alma mesmo.



Por isso que digo que para mim é muito dificil falar em familia mas amo demais a minha familia.... hoje com os meninos é diferente o meu egoismo com relação aos meus pais diminuiu e muito. Pois antes orava a Deus para ir antes deles pois não saberia se suportaria a dor de me ver sem eles.
Então aproveito-os ao máximo e o quanto posso... eles estao virando o dedo médio e caminhando com para o anelar na fase da vida. Fase essa que eu, você, ele, ela.. enfim cada um de nós vai passar. Sempre que posso passo na casa de mainha ( rs rs adoro chamá-la assim ) e acredito que lá de casa só eu a chamo assim. Então, sempre que posso vou lá comer o cuscuz delicioso que ela faz.
 Hoje se eles pudessem estragariam e muito a educação e os limites dos netos rs rs mas faço questão de agir como pai e mãe que sou, em algumas coisas igualzinho a eles.

 Mas agradeço a Deus todos os dias pela minha familia, por este exemplo único e maravilhoso de cooperação, de superação, de renuncia, de alegria e acima de tudo de fé. Pois se não fosse a minha familia, a nossa união esse constante aprendizando eu não seria o que sou e muito menos não teria o conhecimento e o amor de Deus.

Bjs e até a próxima
Debby :)

 

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Amor aos Pedaços - 3ª fase - Esperança


Quando falamos em esperança... geralmente e quase sempre associamos essa palavra a um grande amor.
Um sonho quase impossível...

Mas quando a vida nos ensina em pedacinhos gradativos que ela ( a vida) é um sistema inteligente e maravilhoso de recompensas.
Aprendemos que muito desse amor que tanto buscamos em algo ou alguém só será por inteiro quando aprendermos que muito dele precisa estar  integro dentro de nós e de maneira verdadeira. Porque se não tiver muito desse amor dentro de mim mesma não poderia doar, ofertar, dar e etc...
Porque simplesmente não posso dar aquilo que ainda não tenho sob meu controle!

Mas tenho sim muita esperança de viver meu ( olha que posse! rsrs ) grande amor um dia.
E quem sabe continue assim segredado em mim...
Oculto em minhas poesias...
Mas vivo em minha alma e coração.


Tenho sim muita esperança de ter muito amor para dar, para recompensar porque é isso que a esperança faz em nossas vidas, em nossas memórias com o tempo...

Tempo...
 
Tenho sim muita esperança de que meus amigos, esses que encontramos num piscar de olhos, que contamos num estalalar de dedos e que sabemos ser amigos de verdade e para toda uma vida... sejam felizes sempre. Que suas dores sejam sanadas, que seus amores sejam encontrados, re-encontrados e que aprendam que nada nos acontece por acaso.
E que não é também ao acaso que Deus criou em nós uma centelha de fé (danada de teimosa rs rs) em alguma coisa muito positiva que só acontece no tempo presente quando pensarmos no futuro ..
 

F u t u r o ....





Com o tempo a gente aprende que  ele (o tempo) não para, a vida segue contínua, por mais que nosso coração esteja em pedaços, por mais que aquele cheiro, aquela música, aquela carta ou aquela letra cortem nossa alma no meio toda vez que a gente sente, ouve, ou lê...

Eu aprendi que ter esperanças alivia a alma, estanca a dor , cicatriza feridas, diminui ansiedades e se os sonhos estiverem presente. Nossa! tudo é muito mais calmo, passageiro e percebemos nitidamente que neste mundão onde tudo é passageiro, os sentimentos são eternos. 

E t e r n i d a d e ...

Quando se tem esperança geralmente temos fé... fé de que Deus ou nossa energia ou a nossa crença estará sempre nos reservando algo melhor mais adiante. Geralmente não sabemos quando mas temos certeza que sim... e essa certeza nos faz querer acordar cada dia com o peito, antes dorido, cheio de alegria. 

Aprendi a ter esperanças ouvindo e vendo o sorriso de meus filhos




É quando Deus sussurra em meus ouvidos:... tudo há de melhorar a qualquer momento, em qualquer dia... em qualquer lugar.

E isso chamo não só de fé mas esperança também.

Bem esse post faz parte da Blogagem Coletiva Amor aos pedaços... clica na imagem que você vai ficar por dentro de tudo.


Bjs e até a próxima
Debby :)





Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!