Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha 3019-8911 3052-1880

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

domingo, 15 de julho de 2012

Reintegração


Essa é quinta e última fase da blogagem coletiva amor aos pedaços... e eu amei participar desta maravilha de blogagem e mais uma vez agradeço as meninas que me convidaram a participar. 
Então! primeiro passamos pelo encantamento e seus maravilhosos encantos.
Depois pelo desencanto e todo seu aprendizado.
Aprendemos que sempre existe esperança... sempre!
Passamos pelos questionamentos e agora estamos nos reitegrando, estamos desatando nossos nós. 

Mas algumas vezes é tão necessário desatar nós quanto dar alguns nós firmes.
Eu mesma adoro criar laços finos delicados e quanto mais delicidado mais fácil de desfazer, de deslizar entre nossos dedos. Laços assim começam claros, limpos, lisos sem atritos...
Associo a reintegração ao tempo... e aqui falo por mim.
É quando eu realmente preciso me dar um tempo.. me cuidar, me olhar, me carregar literalmente no colo em alguns momentos da minha vida.
E se eu não tiver babagem e de repente insight e aqui me refiro "aos estalos" que tenho de vez em quando para me acudir em alguns momentos, acredito que não terei para ajudar você, ele ou ela.
Já quebrei sim, o meu lindo rostinho inumeras vezes com parentes, com amigos, com namorados, com maridos.. e tenho certeza também que decepcionei muito deles em alguns momentos mas o fato de ponderação, de restauração de todo (em alguns casos, claro!) e acima de tudo de superação em alguns desses estragos é a humildade. Sem ela não vamos a lugar crescente e verdadeiro no que tange o sentimento nenhum, no que tange o perdoar, o desculpar nem chegamos perto. E podemos sim criar um pequeno conto de fadas recheados de personagens fictícios e com muitas, mas muitas máscaras e que um dia no tempo caem por terra. Simplesmente porque eu acredito que nenhum ser humano seja capaz de sustentar uma mesma mentira por muito tempo.
A não ser que ele grave num gravador e fique ouvindo todos os dias ! rs rs
E nesse mesmo tempo eu aprendi que já vivia o processo de reintegração, decepção, frutração, ilusão, e todos esses trecos não matam, algumas vezes envelhecem (quando a gente quer rs rs ) mas ensinam e ensinam muito.
Esse processo de aprendizado no meu caso é um tanto quanto dificil porque eu acredito, primeiro eu acredito na pessoa. Para depois acreditar que ela estava mentindo. E ficava num duelo imenso as vezes questionava a Deus.
- Senhor se é para andar sempre com um pé atrás com as pessoas, desconfiando a 3 por 4.. melhor mesmo não ter amigos.
Mas com o tempo...pimbaaaaaaaaaaaaa!!! a ficha caiu ((( Aleluiaaaaa !! ) meus anjinhos protetores suados e um tanto quanto exaustos gritaram.

E reintegrar é antes de qualquer ato... se perdoar com sinceridade, é jogar as cartas as claras por mais doloroso que seja com você mesmo. É meio que se olhar no espelho e conversar franco com o seu reflexo, encarar os seus defeitos que você sabe no fundo, no fundo que tem e dizer a si mesmo.. - Cara ! assim não dá mais !
Arregaçar as mangas e ir a luta, mudar o foco, mudar o estilo, mudar o forma de acreditar nas pessoas é não mais olhar nos olhos ( há quem minta e muito bem sem pronunciar uma palavra, infelizmente!) mas a expressão, todo o conjunto .. observe com mais cautela, o sorriso tem que estar sorrindo para teus olhos. E verdade é que um olhar inquisidor pesca e muito do ouvinte.
Reintegrar é sim, dar o maior ponto em toda sua história de vida, em tudo que você construiu e saber que sempre vai ter opostos em todos os angulos da nossa vida. Se você tem uma plateia, uma parte vai te dar o maior apoio, vai desejar de coração que você se dê bem, mas o posto disso tem que existir para que busquemos em nós mesmos forças, fé e certeza o suficiente que conseguiremos seja lá o que for.

REINTEGRAR acredito que já fiz sim... algumas vezes renascer das minhas cinzas, recomeçar do zero e em cada uma dessas experiências aprendi que cada pedaço de chão interno meu é raro e precisa ser por mim muito bem cuidado. É um processo doloroso que exige renuncias, perdas, desenlaces mas que após o agridoce de muitas lágrimas sentir percebi que fica cada vez mais dificil um pedaço meu ruir.
Mas se assim um dia eu mesma me permitir forças terei para me restituir.. para me reintegrar.

Agradeço de todo meu coração por essa oportunidade aos R's Rute, Rosélia, Rosa, Regina e  a Luma por mais esta maravilhosa oportunidade.
Beijos e até a próxima
Debby :)





Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!