Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

terça-feira, 31 de julho de 2012

Férias continua...

Assim! A minha assistente do lar AINDA.... A I N D A está virótica rs rs rs.
A bonita batizou minhas férias não é? rs rs
Mas o momento de fúria, de raiva já passou. Só espero que ela volte na segunda dia 06/08 que é quando volto pro trabalho (talvez mais cansadinha que relaxadinha :) )
E quem me disser que trabalho de casa não cansa está mentindo.
Mas vamos a parte boa dos meus dias de havainas que reservei pra você.
Na terça-feira passada levei João na emergência, acho que comentei por aqui. E Tiago agora nessa fase facebookiana anda com a máquina, celular o tempo todo. 
Então lá estamos nós esperando o atendimento médico. E João mesmo doente não fica quieto.

Nisso o Jão estava queimando de febre.
Cheguei em casa um caquinho.

Sem tempo para postar no blog, para escrever, para mimmmmm rs rs
Quando meu afilhado me ligou chamando para sair no sábado agora eu queria viver um dia diferente e fomos visitar o Ryan ( filho da minha prima) que fez um pequena cirurgia no olho. E foi realmente um dia diferente, alegre e divertido.
Decide com o Tiago que o filme da vez seria Valente da Disney, estou maluquinha para assistir essa animação só para ver aqueles cabelos ruivos, crespinhos que lembram os meus quando era adolescente.
Tudo certo para o cinema quando o berro (meu telefone fixo rs rs não acertei diminuir o volume) toca e minha irmã nos chama para ir ao circo que estava no último "espetáculo".
Mudança de planos (gosto disso).
Pausa...
Quando você vai num circo você espera vários artistas se apresentando, malabaristas, trapézio etc, etc e etc ... certo ???
Errado!!!
Quer dizer esse espetáculo não foi muito circense, calma que te explico.
Nos primeiros 40 minutos tinha realmente carinha de circo, tinha um homem fortão fazendo umas artes com um trem enorme de  ferro.

Teve dois palhaços que procurei um motivo para rir e não encontrei, apesar de ver algumas poucas crianças sorrindo.
Tiago já me olhou entortando a sobrancelha, e quando isso acontece é sinal de que ele não esta gostando nadica rs.
Teve um casal de trapezistas
Teve o tal do globo da morte com 5 motoqueiros, que me deixou aflita e rezando para acabar logo. E sóóóó...



Porque os 30 minutos restantes foram todos da Mariana e da turminha da galinha pintadinha. Na minha opinião não foi uma mistura legal quando você vai a um circo. Mas o João e Cia. Adorarammmmm
Bem eu e o Tiago ficamos com a sensação quase frustradinha de que o filme seria realmente uma melhor opção... Mas para o João que dançou, pulou e suou muito (no final) não teria programação legal.
Então para mim não teve preço ou outra opção fiquei feliz com este dia.
Mas essa semana estamos ind, eu e o Tiago assistir Valente. E depois volto aqui contando como foi o filme, mas desde já indico, eu me apaixonei pelo trailer.

Se ligue no refrão e faça tudo valer a pena!!! :)

Bjs e até a próxima
Debby :)

quinta-feira, 26 de julho de 2012

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Férias ????



Queria sim tirar férias por uns dias da dona de casa que mesmo de férias do trabalho remunerado esse que me alimenta o corpo e mantem minhas contas em dias, não tem férias propriamente dita.
Queria sim como li no site Agrega pais, tirar uns dias de licença da mulher que é dona de casa, da patroa, da mãe ( só um pouquinho rsrs ) sem me sentir culpada.
Férias de dar satisfação a sociedade, de pensar primeiro no que você vai achar, no que você vai pensar de minha ação, me preocupar com o seu julgo... sem antes me perguntar se vai ser legal para mim. 
Férias da planilha de orçamento doméstico para ver que conta vence, quanto é e quando vence.
Férias do relógio....da obrigação e do compromisso.

Férias de tudo que me dá a sensação de repulsa, decepção e frustração.
Férias da minha assistente do lar rs rs acho que pelo fato dela ter me dado o cano dois dias seguidos.. ( mas tenho que me colocar no lugar dela (literalmente rs rs ) a coitada ligou dizendo que está com uma virose).
Mas hoje mesmo eu queria estar de férias... no sentido visceral da palavra.
Queria acordar mais tarde, não levantar sem antes me espreguiçar umas mil vezes e depois esperar sempre a ultima espreguiçada, que com certeza será a melhor de todas.
Férias eternas da segunda-feira ( rs rs rs ).
Mas nem tudo é belo, maravilhoso e com gosto de férias de verdade.
Aqui estou na minha versão dona de casa, depois de faxinar a manhã todinha, preparar almoço para meus filhotes...
Férias queria sim... de tudo que me deixa triste, desaminada.
Mas dessa sensação maravilhosa de realização

e satisfação

quero férias não !!!! 

Quem dera.....tirar FÉRIAS rs rs rs

Bjs e até a próxima
Debby :)





quinta-feira, 19 de julho de 2012

Pintou?? agora comemoraaa....

Éeeeehhhhhh

Pintei, melequei algumas partes (mas minhas do que as paredes rs rs), mas estou orgulhosa de mim mesma. Mas conseguiiiii e olhem aqui.

Aproveitei e mudei.

MUDAR...
O bom dessas mudanças (e comigo acontecem assim.. na hora H) é que você renova o ambiente, separa o que vai para doação, o que vai para o lixo ou para o lixão literalmente.
Livros que já li N vezes e que sei que não vou ler mais.. já estão na sacolinha da biblioteca. Alguns vão para o clubinho do livro voador. Embolação minha também rsrs
Filhos e filhas de amigos na mesma faixa etária de João que vão amar em breve novidades  da Debby pelo ar..
Mas voltando a arrumação
ARRUMAR...
É até pensamento vai se encaixando no lugar.
Pensamentos soltos voltam de onde vieram e alguns vão para o destino certo.
E a cada dobrar de roupa, a cada ensacar de coisas que não me servem mais (não sei se com você é assim), me vem uma sensação de renovação maravilhosa.
RENOVAR...
E tudo se renova o ar fica com meu cheiro, a casa com meu rosto e a comidinha (hummm) com meu gosto.
E aqui vão algumas fotinhas novinhas da minha obra prima... e verdadeira obra de arte simmmm rs rs rs


É o guarda-roupa é do Tiago... já viu né ? rs rs
Mas olha a paredinha amarelinha do meu jeitinhoooo rs rs

Adorei e como a Aninha do Mãe Mochileira e Filho disse: A sensação depois é maravilhosa porque fizemos com nossas próprias mãos.

Seguinte estou indo para a ilha com minhas pessoinhas lindas e um casa de amigos...
Mais novidades .. vindo por ai.

Bjs e até a próxima
Debby :)

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Pinte você mesmo :)


Eu disse que iria pintar a casa e que iria contar de primeira mão tudinho para você...
Então vamos lá!!! prepare-se para fortes emoções rs rs
E diferente de todo bom relacionamento principalmente um namoro dos bons, o começo dessa odisséia nas paredes da minha casa só não foi uma tragédia porque como tudo que me jogo de corpo e alma eu estava e estou amando embarcar nessa aventura, me divertindo muito e acima de tudo aprendendo muito.
Primeiro comprar a tinta. Que é lavável, consistente e não tem aquele cheiro muito forte por causa dos meninos.
Tirei tudo da sala forrei os sofás e coloquei jornais nas laterais bem rente a parede porque já sabia que iria salpicar tinta pelo ar rs rs


Então, como tem uma brisa maravilhosa por morar pertinho do mar tive que colar algumas partes com durex para não voar e essa é outra dica maravilhosa que te dou.


E como tudo em minha vida tem trilha sonora este dia não poderia ser diferente.. começei com um blues maravihoso da trilha sonora do filme "Cadillac Records" ( que indico também) mas para colocar aqui no blog iria ficar meio nada a ver e também não achei no mixpod (esse aplicativo que você ouve as músicas). Dai lembrei do Toquinho em Aquarela porque só combina com tinta, pincel e derivados não é ?
Se você for agoniada, acelerada (em quase tudo), esbaforida ( (tudo isso junto e misturado)  e desprovida de experiência que nem eu  ts ts ts. Vai respingar tinta para todos os lados nas alturas prováveis e improváveis rs rs
Então, já sabe muita calma nessa hora... Tiago estava desolado, preocupado e disse (o que não me ajudou em nada rs rs) 
- Nossa já estou vendo quando chegar em casa.
 Comecei a minha empreitada ... um pouco preocupada porque a lata de tinta era só uma, a bisnaga de coloral amarelo também era só uma, tudo era só um.. Inclusive a oportunidade de pintar a casa do meu jeito.. de colocar naquelas paredes a minha energia.
Respirei fundo e mandei ver...
A parede onde o João fez o mosaico multicolorido ficou perfeita.

 Hoje o Jão já sabe que parede não é papel e que tem a hora certa de pintar o sete.
Mas percebi e só depois que deveria ter usado luva, camisa de manga comprida e de preferência um capacete... no meu caso o ideal mesmo será uma roupa de astronauta.
 Além de economizar uma graninha legal com o pintor... você mesma fazer do seu jeito, da sua cor é uma experiência única, maravilhosa e altamente compensatória.
Quando no final você olha ao seu redor e vê o resultado inusitado de uma trabalho feito por você.
E precisava ver a expressão de Tiago quando chegou da escola  só areditou que eu pintei porque me encontrou assim.... :)
Ahhh outra coisa prenda o cabelo !!!! rs rs rs
E ai vai uma pincelada ai ?

Bjs e até a próxima aventura !!!
Debby :)

domingo, 15 de julho de 2012

Reintegração


Essa é quinta e última fase da blogagem coletiva amor aos pedaços... e eu amei participar desta maravilha de blogagem e mais uma vez agradeço as meninas que me convidaram a participar. 
Então! primeiro passamos pelo encantamento e seus maravilhosos encantos.
Depois pelo desencanto e todo seu aprendizado.
Aprendemos que sempre existe esperança... sempre!
Passamos pelos questionamentos e agora estamos nos reitegrando, estamos desatando nossos nós. 

Mas algumas vezes é tão necessário desatar nós quanto dar alguns nós firmes.
Eu mesma adoro criar laços finos delicados e quanto mais delicidado mais fácil de desfazer, de deslizar entre nossos dedos. Laços assim começam claros, limpos, lisos sem atritos...
Associo a reintegração ao tempo... e aqui falo por mim.
É quando eu realmente preciso me dar um tempo.. me cuidar, me olhar, me carregar literalmente no colo em alguns momentos da minha vida.
E se eu não tiver babagem e de repente insight e aqui me refiro "aos estalos" que tenho de vez em quando para me acudir em alguns momentos, acredito que não terei para ajudar você, ele ou ela.
Já quebrei sim, o meu lindo rostinho inumeras vezes com parentes, com amigos, com namorados, com maridos.. e tenho certeza também que decepcionei muito deles em alguns momentos mas o fato de ponderação, de restauração de todo (em alguns casos, claro!) e acima de tudo de superação em alguns desses estragos é a humildade. Sem ela não vamos a lugar crescente e verdadeiro no que tange o sentimento nenhum, no que tange o perdoar, o desculpar nem chegamos perto. E podemos sim criar um pequeno conto de fadas recheados de personagens fictícios e com muitas, mas muitas máscaras e que um dia no tempo caem por terra. Simplesmente porque eu acredito que nenhum ser humano seja capaz de sustentar uma mesma mentira por muito tempo.
A não ser que ele grave num gravador e fique ouvindo todos os dias ! rs rs
E nesse mesmo tempo eu aprendi que já vivia o processo de reintegração, decepção, frutração, ilusão, e todos esses trecos não matam, algumas vezes envelhecem (quando a gente quer rs rs ) mas ensinam e ensinam muito.
Esse processo de aprendizado no meu caso é um tanto quanto dificil porque eu acredito, primeiro eu acredito na pessoa. Para depois acreditar que ela estava mentindo. E ficava num duelo imenso as vezes questionava a Deus.
- Senhor se é para andar sempre com um pé atrás com as pessoas, desconfiando a 3 por 4.. melhor mesmo não ter amigos.
Mas com o tempo...pimbaaaaaaaaaaaaa!!! a ficha caiu ((( Aleluiaaaaa !! ) meus anjinhos protetores suados e um tanto quanto exaustos gritaram.

E reintegrar é antes de qualquer ato... se perdoar com sinceridade, é jogar as cartas as claras por mais doloroso que seja com você mesmo. É meio que se olhar no espelho e conversar franco com o seu reflexo, encarar os seus defeitos que você sabe no fundo, no fundo que tem e dizer a si mesmo.. - Cara ! assim não dá mais !
Arregaçar as mangas e ir a luta, mudar o foco, mudar o estilo, mudar o forma de acreditar nas pessoas é não mais olhar nos olhos ( há quem minta e muito bem sem pronunciar uma palavra, infelizmente!) mas a expressão, todo o conjunto .. observe com mais cautela, o sorriso tem que estar sorrindo para teus olhos. E verdade é que um olhar inquisidor pesca e muito do ouvinte.
Reintegrar é sim, dar o maior ponto em toda sua história de vida, em tudo que você construiu e saber que sempre vai ter opostos em todos os angulos da nossa vida. Se você tem uma plateia, uma parte vai te dar o maior apoio, vai desejar de coração que você se dê bem, mas o posto disso tem que existir para que busquemos em nós mesmos forças, fé e certeza o suficiente que conseguiremos seja lá o que for.

REINTEGRAR acredito que já fiz sim... algumas vezes renascer das minhas cinzas, recomeçar do zero e em cada uma dessas experiências aprendi que cada pedaço de chão interno meu é raro e precisa ser por mim muito bem cuidado. É um processo doloroso que exige renuncias, perdas, desenlaces mas que após o agridoce de muitas lágrimas sentir percebi que fica cada vez mais dificil um pedaço meu ruir.
Mas se assim um dia eu mesma me permitir forças terei para me restituir.. para me reintegrar.

Agradeço de todo meu coração por essa oportunidade aos R's Rute, Rosélia, Rosa, Regina e  a Luma por mais esta maravilhosa oportunidade.
Beijos e até a próxima
Debby :)





quinta-feira, 12 de julho de 2012

É tudo tão simples


Dia desses fui almoçar com uma amiga e meu local preferido para esperar é na livraria Saraiva... hummmm esqueço do tempo, esqueço do mundo, esqueço de tudo olhando os lançamento e vi... o novo livro da Danuza Leão - "É tudo tão simples". E como sempre perdi alguns bons segundos folheando o livro. E quando o livro me prende em partes no meio, no final e principalmente no início já vejo de cara que o livro é dons bons. E esse não foge a regra. Indico ele para leitura.
Mas mais que o contexto do livro o título como sempre me fisgou de cheio.
E hoje aconteceu uma situação comigo... que me deixou aqui com meus botões em reflexão.
Algumas coisas acontecem em nossas vidas tão de repente, por mais que a gente acredite (e eu acredito) que Deus e eu tenhamos feito uma programação bem bacana antes de aqui nascer outra vez rs rs e acredito também que eu tenha desviado quase que por completo de algumas dessas metas.
E de repente eu me vejo nesse estado de ânimo maravilhoso (outra vez simmmm! Claro!) mas, com sensações, reações, emoções totalmente novas.
Sempre fui meio Clarice (Lispector) nas questões do amor, quando digo que não consigo amar pela metade. E nas emoções sou totalmente Alice (a do pais das maravilhas rs rs) sonho sim, e sonho muito. O meu amor é sempre único, é esse amor visceral sabe? 
Do tipo que... quando ele o amor me liga, nossa!!!! um terremoto, um tsunami, um tremendo de um rebuliço acontece aqui dentro de mim rs rs. E amo muito me sentir assim, e mais que ser amada, amar é a maior e melhor sensação do mundo.
Mas hoje aqui com meus botões me lembrei de um texto da Adélia Prado.. que diz mais ou menos assim:
A experiência amorosa exige sacrifício. 
Não se ama para ser recompensado. 
O amor é sua própria recompensa. (...) 
É a experiência humana mais exigente; não é contrato, troca de favores, 
investimento, é entrega e compromisso. 
Do ‘sacrifício’ de amar nasce a mais perfeita alegria. 
Ninguém faz cara feia quando se sacrifica por amor. 
Não se trata de anulação, subserviência de quem ama, 
trata-se da morte do ego, tarefa a ser feita até o último suspiro
Adélia Prado
Mas, meu botões assim como eu são por demais inquietos e me vi nas questões simples da vida que algumas vezes teimamos em complicar, em dificultar, em algumas vezes nos preocupar com situações que talvez nem cheguem a acontecer. E ficamos minutos a fios tecendo suposições, verdadeiras conjecturas que não combinam, não casam com seres (como eu) que gostam de viver intensamente o hoje. Que acreditam que o futuro será sempre um projeto de sonho feito para ser planejado, para ser previamente organizado, calculado... e num dia sempre chamado de hoje ser executado. Então terei sempre um tempo verbal chamado presente para mudar a qualquer momento o meu, o seu, o nosso futuro. Mas a ação será sempre realizada em algum momento chamado agora.

Mas deixando de procurar "os cabelos em ovos" como me diz alguém... rs rs vendo os blogs de alguns amigos esse da Marcinha me caiu como uma luva e nossa sintonia com o universo é tão perfeita que agora na simplicidade maravilhosa do Bob Marley encontrei o seguinte texto:
“Você pode não ser o primeiro homem dela, 
o último homem dela ou o único homem dela.
 Ela amou antes, pode ser que ela ame de novo. 
Mas se ela te ama agora, o que mais importa?
 Ela não é perfeita - você também não é, 
e vocês dois podem nunca ser perfeitos juntos,
 mas se ela te faz rir, te faz pensar duas vezes,
 e admite ser humana e cometer erros, 
segure-se a e...la e dê a ela o máximo que você puder.
 Ela pode não estar pensando em você a cada segundo do dia,
 mas ela te dará uma parte dela que ela sabe que você pode quebrar - o coração dela.
 Então não machuque ela, não mude ela, 
não analise e não espere mais do que ela pode dar.
 Sorria quando ela te fizer feliz, 
diga a ela quando ela te deixar com raiva, 
e sinta a falta dela quando ela não estiver por perto.”
Bob Marley

Algumas vezes deixamos de ouvir, de ver, de viver, de sentir a maravilha de algum momento, de alguma pessoa, de alguma coisa da vida, a mágica de transformar em eternidade um simples minuto por ser tão simples e passar totalmente despercebido aos nossos olhos, por estarmos esperando algo mais!

Bjs e até a próxima
Debby :)

terça-feira, 10 de julho de 2012

Bonito é ser assim


Sexta-feira chegou em caixa enorme dos correios aqui em casa e quem me conhece já sabe amo... amoooo fazer e receber surpresas. E a Selma me fisgou pelo olfato literalmente.
Mas bonito mesmo não é só sentir esse cheiro maravilhoso sempre que abro meu guarda-roupas.
Bonito é ser assim, é ter esse coração enorme.
É ser lindo de coração, gentil e mesmo de longe agradar um outro coração.
Então! O pacotão ficou guardado em meu quarto até que arrumando algumas coisas me dei conta dele.. e abri que nem criança quando ganha brinquedo.
Bonito é movimentar o amor assim de dentro para fora dessa forma maravilhosa.
Atravessar fronteiras.. destrinchar as barreiras da distância.
E simplesmente ser grato por uma amizade que a cada dia se expande e sai da ligação que existe entre um provedor , um blog e o leitor.

E aqui estou para agradecer do fundo do meu coração..
A esta pessoa maravilhosa, carinhosa que está sempre aqui a deixar o seu perfume em seus  comentários.

E sempre que abro o meu guarda roupas não tem como não pensar na Selma..
Não tem como não sorrir e lembrar "das coisas que vejo e gosto". Pois se tem uma coisa que eu adoro é perfume.

Selminha eu adorei...
Obrigada.
Bjs
Debby :)

domingo, 8 de julho de 2012

O Amor em movimento


Dia desses estava comentando com um amigo sobre esse vídeo na natura.
Eu sou completamente apaixonada pelo marketing da Natura.
E essa idéia de por o amor em movimento ficou como sempre... badalando por dias aqui dentro de mim, até porque eu também estava precisando e muito colocar o meu amor em movimento. Afinal tudo que não se movimenta cai no ostracismo, não é mesmo ?
Então como a saudade da minha madrinha aqui dentro também batia e com a dor da saudade misturava-se a dor da tristeza, da decepção em certos momentos me colocando no lugar da minha madrinha sem herdeiros naturais... e com a situação financeira considerada rentável... estou no meu mirante, no meu camarote quieta, calada, orando muito por ela e só observando.
Acredito que dispensa mais comentários não é ???
E resolvi... colocar sim o meu amor no maior número de rotações possíveis.
Primeiro agradecendo por esta sensação maravilhosa que sinto, que tenho todas as manhãs, quando vejo os primeiros raios de sol..
Quando vejo o mar em suas ondulações, em seu movimento, no seu ir e vir e percebo que assim também funciona com as nossas "coisas", com as nossas escolhas sejam elas concretas ou não... as nossas palavras, até mesmo os mais simples dos pensamentos ... vai e volta.
 Então! no final de semana do 2 de julho aqui em Salvador foi feriado e eu merecia mesmo recarregar as minhas pilhas. E so as recarrego perto do mar, ouvindo o barulho das ondas, sentindo suas marolas em meus pés... é quando me pesco, me fisgo onde quero.. quer esteja o pensamento doendo ou não.
E a ilha dos frades é o meu paraiso e para a minha sorte meus pais possuem uma casa lá,
e lá fui com os meus projetinhos de gente João Victor e Tiago.
Pensei e muito na minha madrinha e em alguns porques de hoje depois que ela se foi. Mas percebi que depois que a gente morre é que, querendo ou não, a verdade surge das cinzas por mais tempo que ela tenha por lá adormecido... tanto para quem vai como para quem fica.
E meus porques simplesmente caiam nas mesmas repostas... simplesmente porque somos humanos e humanos no sentido de ser-mos fracos, de esquecer que o que importa é quem realmente somos e não o quanto temos... e me deu verdadeiro asco ( e foi um sentimento meu, e preciso ser muito, muto honesta comigo mesma, pois a vida me ensinou que se eu não for honesta comigo mesma não conseguirei ser honesta contigo ou com ele(a) ) de algumas pessoas sangue do meu sangue que percebo possuirem muita coragem para passar por cima de qualquer sentimento para aumentar um cifrão em benefício próprio.
Mas fiquei a me perguntar se deveria realmente chamar isso de coragem... e esses pensamentos viam em  minhas cabeça quando percebi as lágrimas da minha mãe enquanto pensava na irmã e minha madrinha.
E mudando meu ângulo de visão vi meu João brincando com o tempo e com seus pensamentos... e meu amor entrou mais uma vez em movimento. Ainda em forma de gratidão.. 

percebi o quanto algumas vezes nos enganamos com essa questão de riqueza... e me senti sim a pessoa mais rica do mundo naquele instante olhando meu celular lembrando do meu amor.. esse que está me fazendo pelas ruas desfilar (não rebolar rs rs rs claro !! ) mas esse que me faz ver um arco-iris em cada amanhecer... esse que os primeiros pensamentos ainda em forma de prece são destinados a um certo alguém...
Vi meus pais ainda tangivéis ao meu tato... perto dos meus braços para qualquer tipo de abraço.. e acima de tudo meus filhos..meu verdadeiros e mais valiosos tesouros.




E mais uma vez pude perceber que mais do que ter é ser...e quanto mais grata eu tiver que ser a Deus por tudo ao meu redor, mas tudo mesmo. Inclusive as cabeçadas que eu mesma me concedo rs rs percebo que a sensação que se apodera de mim neste momento é de riqueza.. mas longe de qualquer coisa tangente, sensivel ao toque é riqueza de dentro para fora, riqueza de alma...
Rica pelos filhos lindos e maravilhosos que Deus me concedeu.. que gerei em minhas entranhas e adorei perante as coisas da vida.
Rica pela minha familia.. pelos amigos e principalmente pelo amor que a cada dia me revoluciona com seus movimentos.. alguns tão novos.. tão sutis que me sinto e me comporto como uma adolescente.
E elixir para o verdadeiro rejuvenescimento da alma igual ao amor ainda não vi... e se existe ainda não encontrei em  minhas andaças.

 E ali naquele por do sol com minha alma em joelhos... corpo reto..olhos e ouvidos fechados as coisas do mundo conversei com Deus mais uma vez... e ele me fez ver na coisas simples que de olhos fechados eu enxergava... no sussurro do vento que meus ouvidos escutavam que a beleza, a maravilha e muitas vezes a verdade para algumas coisas da vida estão nas coisas simples... mas muito simples.
E por serem tão simples passam de forma banal despercebidas aos nossos olhos.



Segue aqui o vídeo... sente confortávelmente em sua cadeira... e deixe o seu amor entrar em movimento.




Bjs e até a póxima
Debby :)

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Destinos Ligados

Mais uma noite e a insônia, que estou começando a acreditar que está se apaixonando mesmo pela minha pessoa rs rs rs me fez companhia. E como estava sem paciência para ler corri mus dedos nos canais fechados e achei esse filme que poe sinal indico.
Inicialmente você não vai dar nada pela velha e corriqueira estória de vida dos personagens mas no decorrer do filme você vai começar a se interessar por cada uma delas e ver o quanto cada um daqueles destinos estão ligados.
E percebe em cada cena que toda escolha tem uma consequencia.
Num primeiro momento é a vida de uma fisioterapeuta bastante amarga que não se perdoa por ter entregue a filha que gerou aos 14 anos para adoção.. e só no final quando a mãe morre é que ela consegue se perdoar e de certa forma com apoio do amor na figura do novo companheiro que entende que nunca é tarde para recuperar um laço afetivo que julgava por algum motivo perdido. 
Num outro é uma jovem, destemida e bem sucedida advogada que sempre foge dos lugares e das pessoas quando sente o preununcio de um envolvimento visitar seus sentimentos. Tem um caso com o chefe que viuvo mas quando tem confirmação da gravidez (mesmo tendo ligado as trompas aos 17 anos ). Ela simplesmente arruma as malas e se manda. 
Em outro canto da mesma cidade um jovem casal após descobrir que não pode engravidar resolvi adotar uma criança que uma mãe solteira de 20 anos rejeita desde o descobrimento do bb e que por sua vez a avó materna sem sucesso faz de tudo para fazer a filha mudar de idéia. 
Os dias passam, alguns  meses mais tarde a jovem que no desenrolar do filme tem um desfecho supreendente e que aqui não vou contar mas, ela faz de tudo para encontrar sua mãe que a deixou para adoção desde o seu nascimento.

Uma cena que me deixou emocionada e muito foi na maternidade quando depois de tudo acertado sobre a adoção.. num ultimo instante a outra parte desiste da adoção... nossa a atriz fez um excelente trabalho.

Bem vou ficando por aqui.. e espero que você assista e volte aqui para me dizer se gostou da dica ou não.
Bjs e até a próxima
Debby :)

Segue o trailer do filme

 

Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!