Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha 3019-8911 3052-1880

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

terça-feira, 26 de março de 2013

BC Imagens: Ah o amor !!!!


O que falar do amor, me diz ???
Justo eu, logo eu!!! kkk

O amor seja ele qual for sempre me pegou desprevenida, algumas vezes me dava umas rasteiras e outras tentava a todo custo transformar minha razão já pouca numa louca !! kkk 
Antes sempre associava a palavra e tudo que derivava do amor a uma outra pessoa do sexo masculino e que seria meu príncipe encantado para sempre. Por isso (acredito eu) que sempre chorava, me descabelava, me desencontrava.
O tempo foi passando e o amor continuava ali dentro de mim querendo me enlouquecer. Mais ainda !!! kkkk
Foi no dia 01 de abril de 1995 que o amor acelerou meu coração, me fez suar as mãos, tremer na base literalmente. Quando fui mãe pela primeira vez.
Se você quer saber a dimensão, o que uma pessoa é capaz de fazer pela outra. Pergunte a uma mãe, seja ela mãe biológica ou não da sua cria. Se ela for mãe, não vai pensar duas vezes para te responder. E a segunda vez foi um pouco mais dolorosa... foi quando descobri que não era o que eu queria que fosse.
Que não era para ser tudo o que eu por osmose tentava transformar em verdade. E não foi.
Mas meu segundo amor surgiu no olho do furacão da minha vida. E foi a forma mais graciosa, bela e abençoada que Deus deu provas da sua confiança e fé em minha maternidade. Que foi o nascimento do João Victor no dia 19 de Janeiro de 2010.
Eros em sua química mais que perfeita tenta até hoje me faz suspirar, querer e desejar... e porque não mesmo estando sozinha. Amar??
Transformo muito do que quero, gosto e espero em poesias.
Transformo algumas noites sozinha sendo companhia de um bom vinho tinto e uma comédia romântica, uma noite com as amigas.
Transformo alguns pensamentos que tentam me desvirtuar em leitura pitoresca e deliciosa
E porque não mesmo estando sozinha, amar ?
Amo sim.... meus filhos, minha família, meus amigos, meu blog, meus leitores.
Você deve estar se perguntando e  o amor Debby ?
Ahhh o amor !

O amor está aqui

 Onde está o amor ?
No perdão, na fé, na oração
Em tudo que é simples e nasce do coração
Onde não existe maldade, maledicência ou
Qualquer outra bobagem

Onde menos se espera
Quando o coração esquece a ânsia, e desacelera
Onde a paixão, a razão não dilacera 
Onde não existe desespero, destempero 
Onde existe comunhão, diálogo
E muito, mas muito tesão
Débora Acácio

O amor está onde mais seu coração bater, sua mão tremer, sua voz silenciar, a alma querer teletransportar num choque com um único olhar.
Ahhhh o amor!

Essa é uma blogagem coletiva proposta pelo blog Eu amei vc também pode!!!

Bjs e até a próxima
Debby :)




quinta-feira, 21 de março de 2013

BC Musical - Outono


Hummm antes eu não era muito fã nem do outono e nem do inverno.

Essa música para mim tem a cara do Outono... por sinal sempre a escuto em dias mais friozinhos




E se quiser saber mais sobre essa blogagem coletiva clica na imagem abaixo e confira.



Bjs e até a próxima
Debby :)

quarta-feira, 20 de março de 2013

Quais os 8 sons que você mais gosta? - Blogagem Coletiva


Essa é uma blogagem coletiva que vi no blog da Luciene - Lado de cá do atlântico mas que é proposta pelo blog EdeEttiene.
Achei muito legal, muito lega e resolvi encarar mais essa ! kkk

Então é só ir lá no blog e ver com funciona mais sons, músicas e alguns ruídos são a minha praia mesmo kkk

1) o primeiro som que eu adoro... amo, amo som de pássaros voando longe 

2) O segundo som que aqui fica no plural é a risada dos meus meninos... nossa me acalma, me faz rir mesmo com dor de cabeça ou vontade de chorar. 

3) O Som da vida, hã cuma ??? o som do movimento do bebê no útero, vocês já ouviram né o coraçãozinho batendo o tum tum tum da vida!!!

4) Som de chuvaaaaa

5) Som das ondas batendo nos paredões

6) Som de pipoca solta pelo arrrrr ( hummm que fome!)

7) Som da minha imaginação vendo Zé dizer - Debbbbbyyyyyyyyyy 
Fala Zééééé que saudadeeeeeeeeee

8)  É o som da chave da fechadura quando chego em casa ...... aiiiii kkkk
Bjs e até a próxima
Debby :)

Re-Paginando, Re-decorando,Re-Vivendo

Flores que te quero em casa!
Olha que lindo
E como uma vasinho de flores por mais simples que seja dá vida em qualquer ambiente não é?
Olha que maravilha
E mais

E mais

E olha que simples e fácil... até para copiar.
Sabe aquela escada velhinha, jogadinha num canto qualquer da casa?
Olha o que podemos fazer com ela.



Hummm que sonho !!!
Tem alguns ideias que são inspiradoras que revigoram não só a aparência de nossa casa mas principalmente o nosso estado intimo.
E as flores além do perfume e das cores são excelentes para isso.

Bjs e até a próxima
Debby :)

The Croods


Se quiser saber mais vai simmmm
clicar na imagem acima e se deliciar com essa indicação para toda a família. kkkkk


E outra, se essa música não entrar no teu player ..... é porque você tá querendo me zoar né ??? kkk


Bjs e até mais
Debby :)


sexta-feira, 15 de março de 2013

Acontece...


Escrevi no diário dos (3+3)6 Mosqueteiros o seguinte:

(...)
Mas faz parte amiga deste mundo enorme fácil de amar, díficil de conviver e forte em lidar chamado humano.
Amo o seu blog e acredito que fazem sim, alguns anos que leio vocês,que choro, que sorrio e o melhor (para mim )
Que eu mudo para melhor, que a minha fé em Deus e na vida aumentam. Que o meu amor pela minha família cresce a cada novo dia.
Que rotina fica gosto de alegria e cores em uma fotografia.
Que me atentar aos pequenos detalhes fica cada vez mais fácil de viver a minha nada mole vida.
(...)

Tem dias que fico com o computador ligado, vendo o cursor do mouse piscar, num ponto qualquer do post. Em branco.
Sempre que escrevo estou ouvindo alguma música, que nem sempre é essa que você está escutando agora.
Tipo, agora mesmo estou ouvindo Il Divo - Hallelujah.

Mas tem dias em que o branco é total... é geral.
E quando estamos num pós-mudança isso é muito complicado e a depender do seu estado interior ( no meu caso totalmente intenso !!) o resultado é aumentado mil vez.
Então passei um sms para uma amiga que mora em BH, dizendo que acordei com vontade de chorar.
E no mesmo instante encaminhei a mesma frase para vários destinatários, pq eu queria ler alguma coisa que me fizesse acreditar que esse meu caminhar, que essa minha escola está valendo a pena de alguma forma.

PAUSA I
Sinto saudades da minha família (Claroooooo !), dos meus amigos, do meu antigo trabalho.
De algumas pessoas, de parentes enfim. 
Depois que passa a fase da euforia pela cidade nova, pelas pessoas novas (que você ainda não conhece ) vem a saudade do que ficou.
FIM DE PAUSA I

Então recebi um sms (do meu ultra-mega-power-melhor-amigo) dizendo o seguinte:
"
Deus vai te surpreender! CONFIE, ESPERE
Ele está contigo

Nunca te abandonará 
A luta é constante, mas a vitória é certa
"
Me senti meio sem chão, porque foi justamente no final de minhas orações.
É todos os dias vindo pro trabalho aproveito a paisagem belíssima da praia de boa viagem, o sol dando bom dia lá no horizonte, as ondas sorrindo para o dia. Então venho orando, conversando com Deus. Mas sempre, sempre mais agradecendo do que me lamentando ou resmungando.
E lembrei de um post que li na Luma "carta para Elisa" no dia 8 de março. Mas quando li rápido tive a impressão de ler algo do tipo "das cartas que não escrevi" .... nada a ver né? kkkk
Mas fiquei viajando nessa frase pensando em escrever sobre isso ou aquilo.
Mas parei quando lembrei que realmente tem fatos maravilhosos, cômicos ou tristes que não posso narrar, comentar ou escrever em respeito a vontade do autor ou protagonista destes fatos.
E fico triste ( agoraaaaaaa eu cheguei onde queria.... eh eh eh agora você vai entender porque comecei falando da Mirys.) porque tem algumas fotos, imagens que não posso postar, algumas fotos tive que retirar, cortar, editar...enfim.
É certo que existem pessoas más, cruéis nesse nosso mundo virtual eu mesma já fui vitima de tais vilões. Mas assim como eu, você a Mirys, a Luma, a Chica, a Rosélia, as meninas do Divã, a Helo, a Selminha , a Zil, a Dani Moreno ( Dani estou amando seu blog), a Aninha .. e mais uma infinidade de pessoas que sei que são de carne, osso e de muito sentimento bom também. E que fazem companhia, que sorriem de minhas vitórias, que choram com as minhas tristezas, que dão conselhos, que a amizade já ultrapassou o limite do virtual.
Que hoje nos falamos por celular, que trocamos cutucadas e curtidas pelo facebook.
Mas muito mais que isso é saber que a distância hoje para mim existe, que dói. Mas que acima de tudo preenche substancialmente esse vazio que tenta me devorar.
Todos os dias falo pelo gtalk com Déa (trabalhou comigo na promédica) e com a Carol...  com a Vaniquita lembra dela AQUI no outubro rosa né? ,meninas que saudade de vocês.

E este meu Re-começo ( e porque não né ?) tento transformar todo esse processo de transição (que ao meu ver é o mais difícil) de forma positiva. Até mesmo para poder passar isso também de forma positiva para meus filhotes.

Procuro mentalmente, presencialmente, por e-mail, no gtalk, no celular... enfim!
Procuro dizer a cada um de vocês e a você também que me lê anonimamente que o Deus que habita em mim e que a cada novo dia procuro ele de forma mais intensa e verdadeira. Saúda, agradece o Deus que habita em cada um de vocês.

Beijos e até o próximo post.
Debby :)


domingo, 10 de março de 2013

A vida é curta pra...


Mais uma vez a Luma me pegou de surpresa, me tirou os pés do chão, me fez suspirar e ficar com essa frase badalando aqui dentro.
Depois que meus pais voltaram a Salvador me senti um pouco perdida, a saudade querendo me fazer companhia e chorar comigo constantemente.
Mas quando me coloco no lugar de várias primas e amigas que hoje moram do outro lado do atlântico, que precisam ficar horas e horas num vôo para chegar a terra mãe. Me sinto uma tremenda de uma egoista.
E na sexta-feira, no dia internacional da mulher meu dia foi um pouco atribulado. Recebi no celular a mensagem de uma mineirinha (Clau amiga que saudadeeeee ) que adoro. Já falei dela aqui algumas vezes. E ficamos o dia quase que todo nos falando por e-mails. E ela me fez companhia.
E quando a gente pensa que a vida é curta. Desfilam em nossas memórias pessoas que hoje já não estão conosco mas que ainda moram em nossos corações.
Sorrimos mesmo com vontade de chorar lembrando isso ou aquilo.

Mas os dias seguem e não existe nada melhor do que ver no final do horizonte o sol se pondo. É quando agradeço a Deus por mais aquele dia vivido, sentido e saber que vai amanhecer mais um novo dia, que uma distância física vai ser diminuída. Que vamos ter visitas em casa.
Adoro receber os amigos em casa, puxei isso da minha mãe. Quando mais cheia a casa melhor.

E quanto mais os dias passam é que a gente percebe que o bom da vida sempre esteve nos momentos mais simples, nas pessoas mais amigas, nas coisas pequenas que fazem parte de nosso cotidiano.
Então a vida para mim é curta para perder tempo não demonstrando amor, carinho e afeto por quem quer seja.
O bom da vida para mim vem do amor seja ele qual for.

Bjs e até a próxima 
Debby :)

quarta-feira, 6 de março de 2013

Meu lugar inesquecível!


Na época eu tinha uns 10 anos eu acho (ou menos).
A primeira vez que estive na Ilha dos frades fui com meus tios depois de uma luta para meu pai liberar kkk.
Foi amor a primeira vista.
Não tinha luz corrente, água encanada, até hoje carro não chega lá.
Então a luz era a base de lampião, zé gás e derivados. Tomar banho era de cuia na beira da fonte, com shampoo, condicionador, sabonete, pente dentro do balde.
E lá fui eu no primeiro passeio de barco. Quer dizer era um barco pequeno sem motor. Um nativo ia levando eu e mais umas 6 primas minhas.

Detalhe: Eu não sabia nadar.
Em determinado trecho da aventura quando olhava para a terra firme via a casa ficando pequenina.
Foi quando uma prima abençoada teve a triste ideia de levar bola e raquete de frescobol. (Para que mesmo ???) kkk


Agora me pergunte porque uma pessoa tem a ideia de levar para um braco dentro do mar o seu conjunto de frescobol !!! Eu também não sei responder.
Mas, voltando algum braço também abençoado bateu sem querer na bola que caiu no mar. A dona do brinquedo tomou um susto e levantou no barco para mergulhar para pegar a bola.  (para que mesmo ???? 2 ) kkk e tchabummmmmmmm
O barquito virou e fomos juntos.
Eu acredito que pela primeira vez em minha nada mole vida fiquei verde, de verdade!!! kkk
As outras sabiam nadar , outras engasgvam nadando cachorrinho.
E ninguém sentiu falta da bonita aqui !....

Para minha sorte meu pai tinha um apulseira bem parecida com a do Roberto Carlos, lembra ?
Então! Na hora que o barco virou , fiquei tesa, congelada sentanda no banco do meio e fui junto. A pulseira prendeu no banco e eu fiquei respirando no vacuo que ficou, de olhos fechados. Porque em minha imaginação nada fértil kkkk eu já via baleias, tubarões, piranhas, polvos enormes... kkkkk magina se abro os olhos. Eu infartava !!!
Um barco de perca grande nos resgatou e as pessoas lindas se deram conta de mim depois que desviraram o barquito !!! kkkkk
Mas tirando esse episódio bem caracteristico da minha pessoa kkkk a ilha é um veradeiro paraiso.
Para contar ao meu pai tivemos que sorrir fazer caras e bocas para diminuir o impacto e consequencias claro!!!
É lá que eu mergulho muito, nado muito... porque não gosto de praias cheias de ondas.. e a maré lá parece uma piscina. Olha essa foto que tirei na varanda da casa de meus pais.

É lá que eu reflito, que sorrio muitooo, que algumas vezes misturo minhas lágrimas com as águas do mar.
É lá que sempre recebo um ano novo.
É lá que meus filhos esquecem do mundo, que esquecem de comer e algumas vezes até de me obedecer kkk

É a ilha dos frades que será sempre meu lugar inesquecível!!!!




Esse post faz parte da blogagem coletivo que vi no blog da Luma AQUI.
Blogagem proposta pelos blog's : Democratização da Moda, Mãe Gaia e Novas Respostas.


Bjs e se joguem nessa blogagem
Debby :)






terça-feira, 5 de março de 2013

Mudanças / Escola Nova


Então!
Depois da pausa para digerir toda a novidade, a solitude, o vazio, a saudade de uma mudança de cidade.
Agora é hora de respirar para digerir o que está por vir.
Estou tendo dificuldade com a adaptação de João, meu caçula na escola nova.
E acreditem a gente pensa que é criança, que  isso é no começo, vai passar. Digo a você que é mãe, que é pai, que é responsável por uma criança, um jovem . NÃO É ASSIM NÃO!!!
Eles sentem saudades sim, eles ficam tristes, eles estranham não só a nova tia e os novos coleguinhas, mas todo o mundo ao redor deles.
O ideal é conversar com eles desde antes do primeiro contato com a escola, levar antes para visitar, mostrar a salinha.
Infelizmente não tive essa oportunidade com o João. O primeiro dia eu levei um tempo conversando com ele, olhando nos olhos. 

Pausa
Quando for conversar algo sério com seus filhos menores, ajoelhem-se, fiquem da altura deles e olhe dentro dos olhos deles. Eles precisam sentir segurança naquilo que você está falando.
Fim de pausa
E disse que a mamãe ia pro trabalho e que ele iria ficar com a Tia Tal e mostrei a salinha dele, os amiguinhos dele. 
E deixei meu filho nos braços da tia chorando.... de soluçar.
Eu não queria sair do lado dele mas precisava ir pro trabalho.
Sai com lágrimas nos olhos o corpo, a idade o bom senso me pediam para não chorar ali naquela rua mas minha alma já estava em prantos.
E me perguntei até que ponto alguns sacrificios são válidos.
Mas sabia que ele ainda estava com os 45 dias longe de mim em sua cabecinha.
Quando voltei a noite ( ele está no integral = Manhã + tarde )  nossa! Os olhinhos dele brilhavam e ao mesmo tempo gritavam a alegria daquele instante.
Quando você disser ao seu filho, eu vou mas volto. Volte!
Mas volte mesmo porque ele vai acreditar em você com a vida dele.
Uma semana de aula e João ainda chora um pouco quando por algum motivo deixo ele na escola. Mas faço questão de acompanhar os dois até o quarteirão perto da escola, porque muito perto do portão sei que é prejudicial para ele e para mim também.
Chegando em casa esqueça o trabalho, as chateações, os problemas (quando for possível, claro !! kkk ) e entre no mundo do seu pequeno.
Procure saber como foi a escola, se ele gostou disso, se gostou daquilo, qual a atividade que ele fez e qual ele mais gostou. Demonstre alegria, que legal.... Mostre que você também está feliz. 
Com o Tiago o problema é um pouco mais fácil de lidar.. porque ele sente falta dos amigos que deixou em Salvador, da galera da escola. E eu sei o quanto esse processo de adaptação é dificil.
Mas conversando a gente sempre se entende.

Estou conversando sempre, procurando saber se ele tem noticias de fulano, de cicrano. Postando no face dele, curtindo, compartilhando. 
Mas sei que o intervalo entre a semente e a flor chama-se paciência.
E estar frequentando a comunidade da igreja anglicana PAES, me ajudou muito assim que cheguei lembram ??? continua ajudando agora a minha familia que está completa.
Tudo bem que as vezes tenho a impressão de que posso morar anos aqui mas sempre que lembrar de meus pais, irmãos e amigos meu coração vai chacoalhar.
Beijos e até o próximo post.
Debby :)

 
 
 



sábado, 2 de março de 2013

Detalhes



São nos detalhes... nos detalhes que a gente esquece de perceber, captar os avisos de Deus.
São nos pequenos detalhes que brota toda a beleza seja ela criada ou não pelas mãos de Deus.
É no pequeno embrião que reside o espirito num novo corpo em formação para nova reparação.
É na pequena semente quando germinada que cresce árvore frondosa e de bons frutos.
É na fé diminuta mas que nasce do coração que Deus nos escuta e manda auxilio no momento e tempo exatos.
Bastando para isso esperar no senhor e acreditar!



Hoje acordei com saudades...nossa!
meus pais acabaram de se despedir de mim, estão voltando para Salvador hoje e meu coração já está chorando ...


Bjs 

Debby :)


Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!