Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha 3019-8911 3052-1880

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Arquivo Blog Confidencial ==> Bianca...




Essa é a Bianca ou simplesmente Bia.
Prima em segundo grau e hoje... enteada. Oi ???
kkk
É uma longa história que você pode ler AQUI.

Com a convivência estou descobrindo um serzinho lindo, meigo, que ama cachorros, e um pouco parecida comigo e ontem ela me pediu para dar a nota nesse texto que ela escreveu.
Tem também, assim que nem eu, a incrível mania de chorar e se emocionar por um livro, filme, histórias de vidas... e se você gritar comigo ou com ela.. pode esperar que agente não vai te gritar. Agente vai chorar...
Somo manteigonas hein Bia... ??? kkkkk
Gentem olhem que lindo. Puxem a cadeira, sentem, leiam e comentem :)   :)

Esse fim de semana, minha vó olhou para mim com os olhos repletos de lágrimas, e com a voz trêmula, mas com ar de alegria, e me disse "eu quero minha bia de volta", com espanto e sem entender nada, eu perguntei "como assim vó?" e muito emocionada ela me respondeu "você agora é uma mulher, não estou vendo mais a minha garotinha, olho pra você e vejo um mulherão" ao ouvir isso simplesmente fiquei sem reação, fui até ela e lhe dei um abraço muito apertado, contendo também as minhas lágrimas. Naquele momento de emoção não soube da uma resposta, de que mesmo crescida, sempre serei a menininha que ela sempre amou, e que sempre amei de volta. Agora, deitada no aconchego do meu quarto depois de um dia de trabalhei, resolvi fazer uma coisa que a muito tempo não faço, escrever. O que estou sentindo, o que estou pensando, o que mudou, o que está igual. E como muita gente que está fazendo faculdade na área de humanas, eu comecei a me analisar. Dizem que quando está na sala de aula, de medicina por exemplo, aprendendo sobre as doenças e seus sintomas, tem mania de achar que está sentindo aquilo, que esta com aquela doença, e com psicologia não é diferente, as vezes achamos que temos os mesmos problemas que estamos analisando. As coisas que vejo em sala, acabo tentando exemplificar com coisas da minha própria vida, e assim comecei a pensar no que minha vó falou e a relembrar os últimos tempos, junto com as últimas aulas. Esse semestre tive uma matéria de desenvolvimento humano, onde estudamos a fase de transição da infância pra adolescência, as fases de oscilação, de ser corajoso pra tudo e ao mesmo tempo ter tanto medo da vida, lembro de pegar meu caderno de madrugada e começar a escrever sobre a minha vida naquele momento, as alegrias e as tristezas, o carinha que não estava afim de mim, das amizades que balançavam com as intrigas de adolescentes, mas sempre se mantinham de pé, e com todos esses pensamentos eu começava a chorar, muitas das vezes eu não entendia porque eu estava chorando, não entendia o que estava acontecendo comigo, estava insatisfeita tendo tudo que uma garota na adolescência precisa, e hoje na faculdade, eu vejo que foi uma fase de oscilações. Mas como foi uma fase se eu nem percebi que ela passou? Certo dia comentei com uma tia "quando eu crescer vou querer fazer tal coisa" e ouvi uma resposta que não esperava dela "Bianca, você já é maior de idade, quando você crescer pra onde?" e eu me toquei que não faltava muito tempo para o que estava planejando pro futuro. Sempre escutei os mais velhos falarem que a vida passa rápido, pra aproveitar o máximo possível, eu só não coloquei fé de que seria rápido como o vento. Sempre imaginei minha vida como seria nos próximos anos, na faculdade, curtindo, talvez com um namorado, talvez trabalhando, e hoje é exatamente assim, cheia de responsabilidades, trabalho, faculdade, namorado. Então, como será daqui pra frente? Não sei o que imaginar, tento deixar a vida me levar com a saudade dos tempos de crianças, das loucuras da adolescência. E a incerteza de qual grupo me encaixo, não me sinto adulta, mas sei que já passei pela adolescência, então o que eu sou? A pergunta que muita gente se faz, e que não obtemos respostas. "


Linda né?
Éeeeee família Rocha só tem mulherão.... kkkkk

Amamos assistir pela madrugada adentro e afora (se é que é assim que se escreve kkk) seriados. O sorriso dela vai do oiapoque ao Chui.
E assim vamos encurtando a distância entre nossas emoções.

Bia você bem sabe que a cabeça de sua boadrasta kkkk não anda legal. Poderia sim escrever mais e mais e muito mais legal... mas o que importa é o que sai de dentro. 

Bjs
Debby :)

Adorando te conhecer um cadinho mais a cada dia.


Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!