Bem vindo, você é meu visitante número:

Bem vindo, você é meu visitante número: glitters Recados, Fotos, Imagens - Torpedo Gratis

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Plano B

Sempre!
Sempre precisaremos ter na manga de nossas decisões um plano B.
Talvez nunca precisemos usá-lo mas, existem situações tão inesperadas. A vida nos proporciona uma piada tão de mal gosto que você com a cabeça em desalinho, o estomago embrulhado se vê elaborando durante as noites insones um plano B.
Acredito que todo ser humano deveria ter um plano B. Nem que seja correr para o colo do melhor amigo. Encostar a cabeça no ombro dele e simplesmente chorar.
Mas, muito mais que uma fuga. O plano B é uma estratégia bem elaborada que não permita sinal algum de arrepedimento, tristeza ou nenhum sentimento que não seja diferente da paz interior.
A vida é uma caixinha de surpresas, mágica e única. Talvez por isso ela mesma com o passar do tempo nos ensine que:
- Precisamos amar as pessoas como se o amanhã não viesse a existir
- arrependimento:  se houver que seja do que não foi feito. Dito ou decidido. Pois nã existe dor maior que o arrependimento de algo feito.... experenciado.
- e a triplice aliança: praticar sempre o desapego, fazer ao outro o que gostariamos que nos fizesse e esperar tudo, absolutamente TUDO de todo mundo.

Se partimos do principio único e básico da humanidade de que somos imperfeitos. Seria um erro e uma hipocrisia termenda esperar a perfeição em alguém.

O plano B (pelo menos no meu caso) quando nao é originando de uma vontade conjugada e compartilhada fielmente a dois. Ele é fecudado gradativamente na calada da noite. Ouvindo o barulhinho bom do silêncio. E geralmentd começa a ser avaliado pela razão depois de vários ses's. De pensar meticulosamente nos prós e nos contras....

O plano B é aquele porto seguro que aninha o arrepedimento, a tristeza e a decepção no colo da fé. No carinho da esperança e na certeza da recuperação. Geralmente o plano B está completamente fora de nossa zona de conforto. Ele aumenta o nível de adrenaluna de uma forma tão intensa que voltar ao ponto de origem passa a ser uma afronta e continuar ... olhando para frente e seguindo o plano adiante passa a ser uma questão de honra.

E vc já tem um plano B???

Bjs
E até o próximo post
Debby :)

domingo, 27 de dezembro de 2015

Intensidade




E mais um ano está indo ... entrando para o álbum de fotos e alguns momentos fazendo  parte das recordações. e como já disse alguém em algum lugar... recordar é viver.
E é!
Sempre vivi tudo intensamento em minha vida, simples ou complexo, é intenso.
Existem alguns momentos em minha vida em que vivo uma espécia de pausa, que necessito criar uma lacuna dentro de mim, tem dias em que chega a ser uma necessidade.
Não, não me peça para explicar porque nem eu mesma sei.
Apesar de me sentir de certa forma acelerada em algumas coisas percebo que faço um esforço gigantesco para manter a calma.
Mas como todo ser e principalmente humano , algumas vezes não consigo.
Saiu do meu prumo, do limite por mim mesma estabelecido, algumas vezes eu grito, berro e outras simplesmente embaixo do meu chuveiro eu choro.
Sentindo o gosto salgado misturado com o sabor da água limpa.
Estou passando por um processo de mudança não só física. Mas sinto que minha estrutura que já anda abalada, está meio que indo por terra (calma! lkkkk) para poder dar lugar a um novo começo, um recomeço sempre com a mesma dignidade, honestidade e respeito que sempre tive com meus sentimentos, até porque, alguns deles eu simplesmente não consigo controlar, não querer, fingir ou simplesmente fazer de conta que não está acontecendo.
Nunca pedi pensão alimentícia aos pais de meus dois filhos lindos, maravilhosos que amo com toda minha alma.
Sempre acreditei e espero morrer acreditando que pai e mãe além do cifrão está o afeto, a alma e principalmente o coração. E dinheiro não é e nunca foi mercadoria de troca em questão de sentimentos. A gente simplesmente sente, é emoção, é sensação... e nada disso é tangível ao toque mas a alma, o coração.
OU para que Deus nos concederia o livre-arbítrio, o bom senso, a consciência a responsabilidade ?
Alguns dizendo que é orgulho (pode até ser!) e intenso também kkkk
Mas tento na medida do possível ser o melhor pai possível para meus filhos?

E mais um ano passou ... 
O desemprego me consumiu quase que por inteira, o desespero diante das consequências das minhas escolhas foi quase extremo.
João cresceu e suas pérolas (vejam no meu face)  maravilhosas deram um brilho todo impar aos meus dias. Os sorrisos, os micos, os foras também fazem parte de mim :)
Tiago terminou o ensino médio... passou na faculdade. 
E minha fé e esperança em um 2016 bem melhor que 2015 continua.



E você ???
Como vai escrever, desenhar, pintar o seu 2016 ??



Bjs e até o próximo post
Debby :)






quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Desemprego - Oitavo mês


De todos os sentimentos otimistas que teimam em me acompanhar a ESPERANÇA é o que mais se acentua.
Bem, resolvi criar essa série de posts porque acredito que assim como eu mais brasileiros estão vivendo esse terror. O primeiro mostro que você deve afastar caso se encontre como eu.. é o MEDO.
O medo é o pior aliado para tudo e para qualquer empreendimento seja ele a curto, médio ou longo prazo.
Estou entrando no oitavo mês.. desde janeiro que faço entrevistas, vários processos seletivos dos quais alguns eu ainda estou participando... você acredita? nem eu !

Acredito que um dos motivos de manter a esperança é que pelos meus poucos anos de vida ( eh eh eh ) tenho para mim que está sempre havendo vagas. O problema é que: de acordo com a atual situação politica-ética-financeira e moral do nosso pais. Esse universo diminuiu consideravelmente.

Devo?
Sim e não nego. O problema é que quando exponho de maneira discreta a minha profissão atual, alguns credores entendem. Outros, tipo instituições financeiras que não composta de carne, osso e sentimento mas de multas e muitos, muitos juros. Não estão nem ai para meu desemprego.
Logo a sacada é NÃO DESESPERAR.
Para que  ?
A verdade que me consola e que me repito até mesmo para manter o meu humor, que diga-se de passagem tem dias que corre léguas de mim... kkk. é a frase: PODERIA SER PIOR.
E pensar assim me deixa mais confiante.
Tenho aqui algumas dicas...

1) mantenha seu currículo sempre atualizado

2) uma boa carta de apresentação

3) ande sempre com uma ou duas cópias do currículo na bolsa.

4) caso seja chamado(a) para entrevista vista-se de maneira discreta, sem muito curto, maquiagem leve e seja objetiva em suas respostas.

5) faça cadastro num bom banco de currículo e faça checagem de vagas se possível todos os dias. Candidate-se o máximo que puder.

6) busque velhos contatos na sua rede social e obvio,. mantenha o social em dia.

7) faça cursos on line e se tiver patrocinador continue estudando ou volte a estudar, faça uma pós. Um curso profissionalizante dentro de sua área. 

Financeiramente falando

Evite gastos, emprestar dinheiro (principalmente quando se tem pouco), usar limite, cheque especial, cartão de crédito então nem pensar.

Espiritualmente falando.

Continue tendo fé em Deus acima de tudo.. e mantenha a sua fé. Porque ele é senhor do tempo e de todas as coisas. Com certeza na hora certa o seu emprego (assim como o meu vai aparecer. ) 

Próximo post irei postar alguns links que talvez lhe seja útil




Bjs e até o próximo post
Debby


sábado, 26 de setembro de 2015

Tempo ...



Apesar de estar vivendo os mesmos sintomas do desemprego a exatos 9 meses. Tem dias que se eu não escrever a sensação que me dá é que vou pirar mesmo... e sempre que isso acontece a velha mania de ficar vendo o cursor piscar no post ainda em branco por alguns minutos..está virando rotina. E hoje não podia ser diferente mas o que engatou a primeira kkkkk foi um texto belíssimo da Amélia Prado que vi no face. E eu achei perfeito.

Erótica é a alma – Adélia Prado
Todos vamos envelhecer… Querendo ou não, iremos todos envelhecer. As pernas irão pesar, a coluna doer, o colesterol aumentar. A imagem no espelho irá se alterar gradativamente e perderemos estatura, lábios e cabelos. A boa notícia é que a alma pode permanecer com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos. O segredo não é reformar por fora. É, acima de tudo, renovar a mobília interior: tirar o pó, dar brilho, trocar o estofado, abrir as janelas, arejar o ambiente. Porque o tempo, invariavelmente, irá corroer o exterior. E, quando ocorrer, o alicerce precisa estar forte para suportar. Erótica é a alma que se diverte, que se perdoa, que ri de si mesma e faz as pazes com sua história. Que usa a espontaneidade pra ser sensual, que se despe de preconceitos, intolerâncias, desafetos. Erótica é a alma que aceita a passagem do tempo com leveza e conserva o bom humor apesar dos vincos em torno dos olhos e o código de barras acima dos lábios. Erótica é a alma que não esconde seus defeitos, que não se culpa pela passagem do tempo. Erótica é a alma que aceita suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores. Aprenda: bisturi algum vai dar conta do buraco de uma alma negligenciada anos a fio.
E esse texto automaticamente me chamou de egoísta. Porque as vezes esqueço de enxergar os dias em minha vida com mais positividade. E fico encarando tudo com uma mesmice que enoja. Assim os dias passam e ai ?
Hoje eu fiz uma coisa que me toquei que a muito tempo não faço. Apesar de beijar e abraçar quase todos os dias. Hoje eu disse a minha mãe o quanto ela é importante em minha vida. O quanto eu a amo.... 
E eu percebi que metade de minha alma chorava e a outra sorria porque  o segredo não é reformar por fora... a mágica está em entalhar na alma cada bom momento vivido, cada sorriso aberto, o amor aliado...plugado conectado com um bom sexo. E ate mesmo o choro solitário e incontido.

porque não é só o tempo que voaaa.... o dias correm céleres por entre nossos dedos e para não dizer que não falei das flores...
Aproveite tudo que a vida oferece de forma intensa e positiva... porque se pouco sabemos do dia de hoje... imagina o amanhã.


E ficar com esses pensamentos em desalinhos estão ( e eu me sinto assim as vezes ) vazia... ouvindo o eco de cada pensamento por entre as fibras mais intimas de meu consciente. É como se um pedaço de mim estivesse pedindo sempre um pouco de casa, de colo, de aconchego... de porto seguro .. de algo forte que não viesse de mim mesma.
Mas como Saint Exaupéri uma vez tão bem escreveu.. " o essencial é invisível aos olhos" ... se eu as vezes não enxergo o essencial no outro do meu lado.. com querer que ele me note ?


Percebo nessa fase tão angustiante que a fé vive num conflito constante com a esperança. Um turbilhão de sentimentos ilhados em desalinhos tentam tirar o conforto do minimo de sobriedade que ainda persiste em ser minha hospede. 
Se por um lado esse duelo de gigantes me tritura por outro me fortalece. Porque se eu não for por mim ,... ninguém vai ser. Se eu não cuidar do meu bem estar físico e principalmente mental.. ninguém vai. Se eu não fizer um minimo de esforço para ver um raio de luz dentro dessa escuridão ansiosa... raras serão as pessoas que vão me ajudar a levantar ( quem tem amigos, tem TUDO ). 

É como matar um leão por dia.


Mas vida que segue.... e estou junta com ela kkkkkk  esperando com vontade de escrever as boas novas .... logo LOGO.


Bjs e até o próximo post 
Debby :)


quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Talvez..


07 meses desempregada

Hoje está sendo um daqueles dias ... que o post estava em branco e fiquei olhando o movimento do cursor piscando por uns 10 minutos pensando no que escrever. Mas preciso, necessito escrever, algumas vezes, como o ar para poder respirar. 
E se tem uma coisa que venho notado nesses últimos momentos de crise por dentro e por fora de mim. É que a ajuda, o sorriso, o abraço, o beijo, o aconchego vem de onde menos esperamos.
Porque esperamos...

E esperamos muito das pessoas. Talvez porque inconscientemente e até mesmo por uma questão de instinto de sobrevivência (ao meu ver, hoje ilusório) faz bem acreditar na imagem que nossa expectativa criou de alguma coisa, ou de  alguém ao nosso redor.
Esperamos que as pessoas de carne, osso e prováveis sentimentos sejam mais reais, mais tangíveis ao toque, ao tato , a pele ...
Esperamos (eu pelo menos espero e muito) que as pessoas sejam mais tato, mais pele... mais sensação...

E como diz um grande amigo meu.. a vida segue.
Segue, os dias continuam lindos amanhecendo lá fora... as flores, as estações do ano, as tempestades, as calmarias, o mar, o céu, a terra, o ar.. e tudo mais que compõe o contexto de nosso mundo algumas vezes tão desumano, vai seguindo o seu fluxo. Porque é assim:
  VIDA
         SEGUE....


E segue.
Quando percebemos que a pessoa foi mas o perfume, a carta, a roupa ficou.
Quando percebemos a cada novo dia que o passado fica mais presente e o presente vai ficando mais ausente, nos distanciando cada vez mais do futuro ontem sonhado, esperado, almejado.
A vida segue quando nos olhamos no espelho e a verdade estampa nos sulcos de nossas rugas os dias bons ou maus vividos.
Quando o tempo marca no riso ou no choro uma experiência vivida. Um amor correspondido na sua breve eternidade. Onde a falta de açúcar e de fogo, igual a um bom café, fizeram o amor esfriar.
A vida segue quando olhamos 


E assim seguem nossos dias repletos de surpresas.
Mas nossa teimosia espera o cheiro da morte se aproximar para enxergar, para sentir, ou simplesmente notar um mundo belo ao nosso redor. ( isso serve para mim ... eu sei kkk ).
Nosso orgulho espera o tempo passar levando a oportunidade de mudar, de recomeçar, de inventar ou re-inventar alguma situação constrangedora.
Nossa vaidade cala nossa humildade nos dando a ilusão de donos de algo ou alguém.
Mas a vida seguindo vai nos mostrando na dor ou no amor que sem qualquer sentimento oriundo do amor, da caridade .. gentileza. De nada adianta tentar viver em vão.. 


Mas de um coisa eu sei.
Olhando e ouvindo o sorriso de meus filhos....
Ouvindo meus pais me abençoarem sempre que peço a bença aos dois.
Vendo um beija-flor bailar na minha frente.
Ouvindo o sorriso do amor.. seja ele que formato for...
Que a vida é bonita. 
Que tem dias que vou querer sumir, chutar o pau da barraca... rodar a baiana (mais ainda ? kk) ... não querer acordar.. chorar. mas, que vão passar.
Que tem dias que já acordo sorrindo ... com vontade de dançar, que canto no chuveiro... e que também vão passar.

Porque:


Bjs e até o próximo post
Debby :D










sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Confiança virtual




Sempre achei a palavra confiança irmã da lealdade.
Se eu disser que lembro a data que criei o blog aqui na minha cabecinha azoadinha.. estarei mentido..
Mas nesses anos de blogagem.
Fiz amizades...
AMIZADES


E quem disse que uma amizade virtual não é real ? Não é verdadeira ?
Hoje tenho várias, várias amigas blogueiras.
Participei de várias blogagens coletivas ( eu amooo )
E esse tema proposto pela Rosélia Bezzera veio a calhar com meu "estágio atual", digo estágio porque quero, espero e desejo que seja mesmo passageiro. Gente vou fazer 9 meses desempregada e isso para mim está sendo horrível, triste e deprimente.  Então cabeça legal é o último diagnóstico dos meus dias atuais. Mas a Rosélia merece que eu participe dessa festa maravilhosa pela nossa lealdade virtual.
Fiz várias amizades.. nesse mundo virtual principalmente blogueiro. Amigas que estão amigo até hoje, que trocamos e-mails, telefones. Algumas que conheci pessoalmente.
E como... esse virtualidade me fez ver algumas pessoas reais, tão próximas com mais verdade.
A confiança, assim como todo e qualquer sentimento bom e verdadeiro nasce da amizade. 
Participei de campanhas diversas, iniciativas fantásticas que talvez se estivéssemos tão próximos não funcionaria , não daria certo.

Certa vez.. a Rosélia escreveu assim no messenger do facebook
Sétima Historieta esperando por vc... Bjm e uma noite abençoada! 

Ela não tem noção do quanto me senti importante.. porque foi justamente numa noite dessas de insônia que os pensamentos completamente desalinhados pensavam uma besteira atrás da outra. Porque, gente, fé me Deus eu tenho. Mas nosso mundo materialista, meus credores, hoje, diversos, não vão esperar a minha fé pagar o que devo. 
Então... ler essas palavras da Rosélia... chacoalharam minha alma por dentro.


E acarinhar, animar, levantar,  faz parte do ser confiante que temos dentro de cada um de nós.
E essa galerinha virtual preenche meus dias, meus momentos algumas vezes de maneira tão real e as vezes até mais significativamente do que alguém que está ao meu lado.

Vida que segue....

Bjs e até o próximo post
Debby :)



quarta-feira, 22 de julho de 2015

Coisas boas sempre chegam...




Eis que de repente.
O que era aos poucos, gradativamente, vai deixando de ser, desaparecendo ou mudando o contexto. 
Eu disse antes que estava sentindo aquela brisa boa de mudanças. Mas com a minha caminhada aprendi que toda e qualquer mudança principalmente a interna é dolorosa. Porque você tem que desapegar, que deixar, que romper, que partir, que mesmo não querendo deixar ir.

Então!
Me vi alguns dias completamente perdida.. sem minha bússola interna (FÉ), desacreditando de algumas coisas da vida das quais tinha plena convicção de serem para sempre...  Mas tudo muda e o mundo gira em constante movimento, e é esse movimento que nos faz mudar, agir ainda que seja por osmose. O passar dos dias me fez acreditar, cada vez mais, que viemos a este mundo com o intuito de aprender, de ensinar e viver de forma que o prazer, a felicidade, a realização venham acompanhados pela paz de dormir com a consciência tranquila.

Erro?
Errei muito, vou errar muito mas não vou persistir no mesmo erro mais de uma vez, porque tem erro que dói tanto na alma que só o pensamento de tentar fazer a mesma coisa já começa a dor de cabeça. 
Mas voltando a minha brisa boa.. não sei se com você é assim mas sempre que estou passando por uma tormenta, uma tempestade e ultimamente os tsunamis estão virando quase que uma constante em minha vida. Eu sinto o retorno do meu Jedi kkkkkk e sinto que sempre estive e continuarei numa busca incensante  dele. Porque essa busca eu acredito que faça parte da minha reforma intima. Então chorei muito, orei muito mas percebi que estava orando sentindo muita pena de mim, e minha intuição me dizia:
 porque ? se essa reação é fruto da sua escolha, do seu querer, da sua ação...

Então a minha reação foi a de mudar. E mudei o que antes me fazia chorar porque eu pensava que não iria conseguir suportar.. aprendi estancando o choro e saindo um pouco de mim... olhando ao meu redor, me vendo por fora. Vi que a minha garra, a minha esperança, o meu poder único de superação estavam tomando o mesmo sentindo da minha fé naquela ladeira desse POST .

E mudando, gradativamente a brisa boa foi me fazendo companhia por mais tempo... percebia mas beleza em alguns quadros que antes passavam despercebidos e a esperança está se aninhando aos poucos. O sorriso voltou a sentir o gostinho bom de um sorriso verdadeiro.
E falando em verdadeiro.. lembram daqueles amigos ??? verdadeiros ?? que você assim como eu conta nos dedinhos ???? POIS É ... estão fazendo uma corrente para que eu consiga um emprego. Mas Deus é o senhor de todos os tempos e com o meu ele não iria agir diferente.
Estou sentindo que estou saindo da repescagem, devagar, pois essa fase sinto que está sendo crucial para meu crescimento.

E não existe nada, nada melhor do que um dia após o outro.


Bjs
E até o próximo post
Debby :)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!