Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha 3019-8911 3052-1880

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

quinta-feira, 18 de março de 2010

Mudança de Hábito

Reflexão : "Antes de falar, escute. Antes de escrever, pense. Antes de gastar, ganhe. Antes de julgar, espere. Antes de rezar, perdoe. Antes de desistir, tente." - Autor desconhecido.

São 10:22 e é a hora que estou tomando café.
Hoje está sendo um dia bem atipico, agora que o João está cochilando, ele já acordou com cólicas e fica num estado de dar dó. E pela primeira vez perdi a paciência e fiquei com vontade de gritar la na rua SOCORRO, sim porque é uma situação de desespero total.
Ele chora muito, grita mesmo as  vezes e me sinto completamente impotente, porque não posso fazer nadá a não ser as massagens, esquentar o paninho e colocar na barriga... ninar bastante.
Mas como dizem só entende quem passa.

Aqui está João com carinha de --- Que é isso ??? rsrsr
Outra coisa que me deixa completamente arrasada é não conseguir ninguém para ajudar nas tarefas de casa.
Minha irmã estava perguntando como eu consigo,,, simplesmente não consigo ou muita coisa fica sem fazer. E isso abala completamente a estrutura de um casamento.... olho na minha frente e vejo a pia com a louça do jantar, a casa para varrer, as roupas que tirei da máquina já tem 2 dias na minha frente, esperando coragem para passar, fora as roupinhas do joão que lavo todos os dias.
Minha coluna está um caco...eu estou me sentindo um lixo sabe ? Gostaria de saber como fica o sexo nessa fase com alguns veteranos , pois meu tesão foi para as cucuias desde que João nasceu. Simplesmente não tenho a menor disposição, quando chega a noite só quero cama e mesmo assim o meu sono sempre é o do João, com exceção dos cochilos do dia que é quando aproveito para fazer alguma coisa dentro de casa. Queria muito ter alguém para me ajudar e numa hora dessa estar num salão.. cuidando da minha beleza, aliás, primeiro preciso procurá-la para depois cuidar. Essa semana o pai do João fez uma comida maravilhosa, tradicional, feijão < sem carnes >, arroz, purê e carne de soja... rápido e gostoso. Mas cadê disposição para fazer isso no outro dia aliada a atenção que o João tem que ter minha ???

 - que é mamãe que você tanto me olha ??

E aqui vai um conselho para os futuros papais.... pelo amor de Deus arrumem uma assistente, uma diarista um ser humano que seja para ajudar a futura mamãe nas lidas domésticas... porque não é brinquedo não..
Mas como tudo nesta vida Passa.... e sei que é uma fase, mas os homens nunca entende, ou aceitam não é ?
Dá vontade de dizer assim... hoje você fica com o baby que vou trabalhar no seu lugar rsrsrrs
Por isso que digo que estar sozinha com o João está sendo uma experiência única e maravilhosa.
Porque não passei nada disso com Tiago, a facilidade de ter empregada doméstica , de achar roupa lavada e passada, comida pronta, e baby tomado banho cheirosinho... é ótimo.
Mas quando você que tem que fazer tudo isso é muito mais gratificante, porque você sabe o quanto dói a coluna de quem dá banho no teu filho, o quanto é cansativo fazer as coisas de casa e tratar mal as pessoas que possuem esse tipo de trabalho como ganha pão.  E dai você pode dizer com propriedade que não fez isso ou aquilo porque ficou com o João, gentem ficar com um filho pequeno é muita mas muita responsabilidade E uma arte que demanda com o tempo jogo de cintura, paciência e um poder de superação imensos... quando ouvimos o que não queremos, quando somos testemunhas de fatos que chocam, que magoam, que machucam como acontece nos noticiarios...


E também porque vôce tem o poder de se dar ao luxo de ficar mais tempo com seu filho, cuidando de cada detalhe, dai agente sabe o sorriso do xixi, o uhhhh do cocozinho, a conversa com o amiguinho espiritual, o choro de manha, de dor, aêeee do peito, aiiii ou uiii de dor. O olhar curioso diante de um ruido estranho, o susto, e acima de tudo o prazer inexplicavel de aninhar ele no seu peito e dormir juntos. Não existe nada no mundo que substituia esses detalhes  entre mãe e filho nos primeiro meses.
E amanhã 19/03 meu João Victor vai fazer 02 meses de vidaaaaa
Beijos e até a próxima.... vou fazer o almoçoooooo rsrsrs !!!!!!!
Debby :)


segunda-feira, 15 de março de 2010

Final de semana

Reflexão: "Me arrependo de coisas que disse, mas jamais do meu silêncio" - Xenócrates, filósofo Grego.

Esse final de semana passamos na casa de minha sogra, estamos meio que nos despedindo de todos aqui aos poucos.
O João está enorme e cada dia mais lindo, mais fofo mais tudo.
Ás vezes quando ele está dormindo fico namorando ele e agradecendo a Deus sabe ? É estranho mas quando soube que estava grávida fiquei gelada, sem chão, sei lá, não sabia se ria ou se chorava. E lembrei que algumas semanas antes eu andei meio deprimida com um nó na garganta, uma angustia. Hoje sei que, de acordo com o pouco que sei da doutrina espirita todos os envolvidos num processo de reencarne se encontram para combinar como será a recepção deste novo ser que está retornando aos nossos laços de familia. E depois que o João nasceu, pego ele em meus braços e mentalmente peço perdão pela tristeza que me acometeu quando soube da gravidez. Mas, acredito que toda gravidez de surpresa, quando não é esperada assusta um pouco os envolvidos.
Divagando 3

( Débora Acácio 10/06/2009)



Existem momentos em que sentimos uma tristeza...
uma angustia... que tentamos buscar os motivos
no nosso mundo externo...
Existem momentos em que temos uma vontade
de chorar... uma saudade de alguém... que não sabemos ao certo quem!
uma saudade de um lugar... que não sabemos especificar!

Nesses momentos faz-se necessário
parar... respirar fundo.... e orar
Pendindo a Deus senhor e criados de todas as coisas
Que nos alivie... que nos mostre em seus sinais um motivo
para esses sentimentos natos de nossa alma em existências outras modificar.
Modificar para alegria, sorriso, esperança e qualquer sentimento não
relacionado com Melancolia.

Nesses momentos um bom amigo
sem cai no céu...
Seja por uma ligação...
Seja pelo pensamento, na lembrança...
Não importa o meio o lenitivo sempre surge.

Nesses momentos
Temos que agradecer pela beleza do dia
Pela natureza, pela vida, pelos amigos...
E nesses momentos não há motivos
para tristeza sentir....

E Hoje meu João Victor está aqui do meu ladinho....



E esse ser todo especial que Deus me enviou está me fazendo enxergar a vida de outra forma, e esses dias em que estamos só eu e ele durante o dia aqui... que vejo , que sinto o ser mãe... não que com o Tiago não tenha sido aqui. Mas esse ano em que passei com o Tiago aqui me fez ver o quanto eu não sabia ser mãe dele, ser aquela leoa que proteje sua cria, entende ?
E por isso que agora mesmo com o coração pequeno, quando lembro do Tiago tenho vontade de voltar no tempo e fazer tudo diferente. Mas sei que isso não posso fazer, mas posso refazer a partir de agora.
Acredito que cada novo dia é uma nova oportundade que o cara lá de cima nos concede para refazimento, para criar, recriar, começar ou quem sabe recomeçar... seja lá o que for. Bastando para isso o querer.

Quando estamos num momento de dor e sofrimento, acreditamos que não vai passar, que Deus isso, que Deus aquilo. Mas sempre esquecemos que tudo passa. E quem disso isso foi Nossa Senhora . Quando ela e Pedro arrumaram uma velha casinha para atender os necessitados e para ensinar as palavas de Jesus conforme ele mesmo tinha pedido. Os doentes, os miseráveis, os estropiados, cegos , mancos, leprosos vinham de todas as partes em busca de alento para suas dores.
E nessa época também nasceu a experessão "mãe santissima"...quando com todo seu amor , carinho e fé ela dizia aos "filhos" do mundo que iam procurá-la - Isso também vai passar. Tenha fé meu filho(a) !
E assim estava alguns dias antes do João nascer, chorava e chorava muito todos os dias... sozinha em casa. Danny < meu marido > trabalhando, e eu com meus botões.... chorava, entrava no quarto de Tiago e queria tirar ele de qualquer forma dos objetos dele, das roupas dele e chorando deitava na cama dele até que o sono vencia meus soluços. Eu poderia até não saber como educar, cuidar do meu filho corretamente mas durante aqueles dias eu senti a dor que só uma mãe sente quando está longe de um filho amado. E lembrei de minha mãe com meu irmão Nal que já está desencarnado.


E minha mãe dizia que essa saudade que ela sente só mesmo Deus e as orações dela que aliviam, que saciam. E pensei no quanto de verdade tem nessa frase, e me apaguei a Deus na certeza de em breve abraçar  filho tão querido, tão amado que é o Tiago. E vendo depois da tempestade, vi cada momento meu de vacilo, de erro, de engano, de vontade... tudo, tudo que vivi com meu filho aqui e que sei que terei que agir diferente, tanto com ele e principalmente com o João.
E hoje percebo que cada momento de lágrima ou de sorriso é para o meu crescimento.
Beijos e até a próxima
Debby :)



sexta-feira, 12 de março de 2010

Divagando

Reflexão : “Aprendi com as primaveras a me deixar cortar para poder voltar inteira” - Cecília Meireles
Hoje ouvi uma música do Elton John e lembrei dessa poesia que tem justamente esse nome DIVAGANDO. Até hoje me pergunto porque coloquei esse titulo.
Adoro escrever, amo ler.... e quando escreve é como se estivesse batendo um papo com um pedaço de mim que tem várias faces. Carente, ousado, atiçado, timido enfim ... coisas daquele que chamamos poeta e que sabe traduzir muito bem o que vai dentro de nossa alma.


Divagando

( Débora Acácio 23/10/2008 )

Não, não olhes para trás
o que passou, passou
não volta mais.
Olhe para frente
siga adiante...
Levanta a cabeça,
respira fundo
enche teu peito de coragem
e de esperança.

Não, não pense que não valeu...
nada nesta vida rápida e passageira
nos acontece ou é em vão
Para tudo existe uma solução..
e ainda que insistamos em
não acreditar o tempo.
Está ai para nos provar.

Não, não chore pelo que não aconteceu.
Não se rebele pelo que perdeu
Não perca a fé pelo que não conquistou.
As vezes temos tudo e choramos por tudo.
E nessas horas a vida nos faz parar
para que paremos de olhar o nosso umbigo
e percebamos o outro , o mundo.
Que algumas vezes é triste, é fome,
frio e muita, mas muita tristeza.

Acredite
Que tens força,alegria
é alegria!!!!... é a alegria
que nos dá a certeza de vida
num sorriso de um amigo,
na solidariedade de um desconhecido
na prece por um ente querido
nas flores, nos pássaros
e se ainda assim se quiseres chorar
lembre-se que por aqui pisou
um anjo vestido na carne
que nos ensinou a setenta vezes
sete ou quantas forem necessárias perdoar
que nos ensinou a orar,
que morreu para nos mostrar
que nenhuma vida, nenhuma história
chega ao fim ...
enquanto o amor existir
para nos ensinar a recomeçar...
Sempre

Sempre...



Sei que escrevendo aqui, escrevendo ali alguns amigos dizem que é poesia.... não me considero uma poetisa... sinto que estou muito longe disso. Mas gosto muito de tudo que escrevo, tem algumas coisas que sinceramente eu acredito que não foi eu quem escrevi. Mas como dizia Fátima minha terapeuta, porque nãos posso escrever algo tão bonito ?? - Debby, Debby acredita na sua capacidade... na sua competência.
Já perdi a conta de tudo que escrevi, quem sabe um dia dê para ficar famosa rsrsrs.
O que mais me inspira a escrever é oa emoção do momento, algo que me comoveu, que me indignou , que me apaixonou, e principalmente uma boa música. A música com toda e absoluta certeza foi "criada" por alguém muito evoluido e inspirado. digo uma boa música, pois ultimamente tem cada palahçada que chamam de música que sinceramente é uma agressão a nossa inteligencia.
Outro dia mesmo estava no ônibus indo para a promédica < meu trabalho> e pela janela pude ver de forma diferente a praia, as pessoas caminhando pela orla, o céu azul... as ondas quebrando no mar sempre no mesmo ritmo, o vento leve balançando o cabelo  e acariciando e tudo isso foi motivo para escrever uma poesia sobre gratidão... é isso mesmo GRATIDÃO.
Acredito que quando começamos a agradecer é que percebemos o quanto verdadeiramente somos ricos, pois se estamos agradecendo é poruqe temos... e se temos é porque merecemos. Na revista seleções tem uma matéria sobre gratidão e diz que podemos melhorar e muito a nossa vida com uma atitude de gratidão e podemos começar a qualquer momento, a qualquer hora desde que começemos...de repente uma pessoa que se vê resmungando, reclamando de tudo, se irritando com coisas pequenas não percebe que afasta as pessoas do sue lado e por sintonia. É estamos sempre de acordo com a lei universal da afinidade.
E uma pessoa otimista, bem humorada que encara os problemas com mais simplicidade ou simplesmente sabe que tem que encarar mesmo.. não consegue ficar muito tempo ao lado de quem só sabe reclamar... até porque não tem obrigação alguma.



Dai lembro de outra música 'é preciso saber viver" rsrsrs e por falar nisso, agora mesmo estou ouvindo Roberto Carlos sim porque o João adora dormir ouvindo Roberto Carlos. E fica assim ohhh


E meu gatinho dorme, dorme...  já com Tiago que eu ouvia Enya enquanto estava grávida a música surtiu efeito contrário rsrsr o menino nasceu virado detesta música clássica, lenta e etc...


Hoje meu filho tem 14 anos e está um rapaz belo, forte e muito muito inteligente.
A saudade que sinto dele é tamanha que fico me segurando para não chorar o tempo todo e para não atrapalhar a amamentação do João, até porque o João conforta e muito meu coração... nossa quando olho meu filho e vejo seus pezinhos, suas maozinhas... tão pequenino , tão dependente que a saudade diminui e se transforma em gratidão é quando agradeço a Deus pelos meus maiores tesouros Tiago e João Victor...

Beijos e até a próxima
Ahhh e obrigada a você também ... rsrs
Debby :)

terça-feira, 9 de março de 2010

Com o tempo...

Com o tempo...




Com o tempo agente aprende muita mas muita coisa.

Aprendi por exemplo que nunca é tarde ou cedo demais para aprender, estamos em constante aprendizado e o tempo entra como o melhor e maior professor de todos. Ou a frase “ o tempo é o melhor remédio” não faria o menor sentido. Com o tempo agente aprende o momento certo, exato para pedir ou para desculpar, para reconhecer, admitir, assumir enfim para sentir o que é certo e errado dentro de nós.

É porque quando vacilamos com algo ou com alguém é preciso ter um coração muito frio ou não ter coração para dormir tranqüilo. Tranqüilidade não combina em nada com aquela sensação que começa pequenina e depois se agiganta em nosso intimo. E só nós mesmos podemos encarar de frente esse bicho interior. Sim porque o mundo pode nos mostrar o quanto somos intolerantes ou não, arrogantes ou não, egoístas ou não, mas se não nos fizermos de cegos ou de donos e senhores absolutos da razão, já era. E não importa como estamos, onde estamos a cobrança é inexorável. E o tempo é mestre nessa arte pois podem passar décadas, centenas de anos mas cada gesto, cada palavra nossa será cobrada um dia pelo universo. E nada melhor do que ser honestos conosco para melhorar de alguma forma algo que tenhamos praticado e que a desculpa de alguma forma não tenha sido pronunciada, mas de nada adianta dizer da boca para fora tem que ser do coração para fora.


Sonhamos com a paz desde o primórdio e o tempo nos mostra sempre que a paz está dento de cada um de nós e que se assim não nos sentimos é sinal de que não aprendemos a lição. A paz nasce do perdão e da gratidão pois destes nasce, floresce o amor e não existe amor sem paz. O planeta está ai como um enorme laboratório sim porque somos os mestres, os grandes cientistas e a fauna, a flora são nossas cobaias... mas o tempo mostra que a história é bem outra e resumindo tudo o que está acontecendo em nosso cenário climático, geológico e etc.. é certo que somos reféns de nossos próprios atos. E as provas estão  nos quatro cantos do mundo. Que sirva de reflexão com seriedade e honestidade e quem sabe nossos netos , bis netos e etc netos possam mudar a história do tempo que estamos deixando para eles de herança.

Com o tempo agente aprende muita coisa....



Portanto aproveite positivamente o seu tempo tenha ele o tamanho que tiver.

APROVEITE-O

Beijos e até a próxima.

Debby

sexta-feira, 5 de março de 2010

Hoje



Queria e queria muito poder escrever todos os dias. Mas meu tempo hoje é o tempo do João. E agora mesmo ele está dormindo e é quando aproveito para colocar as coisas de casa em ordem.


Meu amorzinho

Meu filhotão e meu sobrinho gostoso

Hoje vou postar aqui algumas coisas que escrevi a alguns dias, primeiro uma poesia que fiz o mês passado e outra em homenagem ao carnaval de Salvador ...e que saudade. É estranho falar em saudade, me sinto um ET. Um ser de outro planeta, mas confesso que sou muito, muito apegada aos meus pais. E depois do desencarne de meu avô pensei muito, muito em meu pai. A minha relação com ele de certa forma melhorou e bastante quando estava de mudança para cá. Mas sei que para manter um mínimo de equilíbrio e de harmonia é necessário um mínimo de distância também. Aprendi aqui.
Momento Poesiaaaa.

Quando é preciso voltar
( Débora Acácio 08/02/2010)

As vezes é preciso voltar quando não saimos do lugar.
Quando caminhamos com a sensação estranha, esquisita de que
nada acontece, nada nos acrescenta, nada a alma alimenta.
É preciso voltar quando sentimos saudade do passado,
nada avistamos no horizonte
quando nos perdemos no presente
e mal sabemos como será o futuro...

As vezes é preciso voltar para começar certo,
depois de degustar o fel doce e amargo do que se acha como correto,
do conselho não sentido, não querido.
Ter certeza de que sempre temos o caminho de volta.
O porto seguro por mais inseguro que algumas vezes
nos tenha sido.

As vezes é preciso voltar porque o que viveu
já deu para comparar, para continuar onde está..
ou pura e simplesmente para voltar.
Já deu para querer ou não querer...
para correr, para viver...

As vezes é peciso voltar para a lição terminar
o aprendizado internalizar
e um novo final lá na frente
no caminho de volta
vislumbrar.

Hoje 05 de março de 2010.


Incrível como vamos mudando nossa rotina quando temos um filho pequeno... que depende totalmente de nós e eu dependo dele para poder fazer as coisas de casa. Hoje mesmo o João acordou com cólicas e um pouco chorão não dormiu pela manhã resultado, não tomei café e não fiz absolutamente nada de casa. Dei o luftal e ele melhorou mas já era quase meio dia. Ele dormiu e aproveitei para almoçar. Mas comida pronta tive que ligar para o restaurante trazer a comida aqui em casa. Mudei de roupa e liguei para Sr. Adelmo do taxi fui no centro para fazer uns pagamentos com o João a tiracolo claro!!!!!!!!!! Rsrsr. Voltamos e ele já estava bem melhor dormia que nem um anjinho e ai sim... A Amélia entrou em ação e comecei a fazer tudo. E terminei agora.

João fazendo compras..

Muita coisa em minha vida mudou depois do João, estou me sentindo mais responsável de certa forma. Penso nele antes de qualquer coisa quando penso nele meu coração aperta e lembro do Tiago, perdi as contas das vezes que chamei o João de Tiago rsrsrs e lembrei de minha vózinha Marieta que sempre chamava umas 5 filhas para chamar uma só :). É outra que me enche de saudade. E sempre que a saudade aperta, que a lágrima engasga na garganta lembro de Jesus, de Paulo de Tarso em Damasco e recentemente da frase que li no livro o “Retrato de Sabrina” - “ Para tudo há a hora certa, o momento certo”.

E agora é o meu momento de pensar e repensar em minha vida. Sim, porque sempre que estamos mudando algo ou alguma coisa em nossas vidas inconscientemente a reflexão surge em nosso dia a dia. E assim estou alguns flashs do passado, várias e várias falhas minhas: como filha, como irmã, como esposa e principalmente como mãe.

Beijos e até a próxima.


 

Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!