Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Bem vindo, você é meu visitante número:

Bem vindo, você é meu visitante número: glitters Recados, Fotos, Imagens - Torpedo Gratis

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Carta do Leitor - Ciumes eu ?



Maria é de Curitiba, tem 30 anos e tem um ultra-mega-power problema em seu relacionamento. Ciúmes!
Pode parecer um assunto um pouco banal mas o ciúme quando descontrolado pode sim, por fim a uma relação que teria tudo para dará certo.
Namorando com o João vai fazer 2 anos, está sentindo os sintomas e o cansaço do João em virtude do ciúme que ela mesma confessa ser exagerado.
Andei pesquisando em alguns sites sobre esse assunto tão intrigante.
Mas a Maria "desabafou" alguns momentos entre os dois que acho decente não divulgar aqui no blog mas falar sobre o seu e-mail de uma forma geral.
E quem, quem não sente ciúmes?
Quem já não ficou se mordendo, triturando de raiva por dentro querendo matar uma ou umas de repente ? kkkkkk
Em minha resposta eu disse a Maria que euzinha já fui muito, mas muito, muito ciumenta. Mas que com o passar dos anos e o próprio namorado ensina que esse não é caminho e nem solução para amenizar a situação.
Ciúmes é um dos sintomas da insegurança, internalização e imaturidade, do medo da perda , daquele ser ou daquela coisa que consideramos nossa.
Enfim andei lendo sobre esse sentimento para ajudar a Maria e descobri que o ciumento(a) tem a terrível mania (meio que inconsciente ) em alguns casos de querer mandar, controlar alguns setores da vida do amado(a).
E como aconselhei a Maria um dos exercícios que acredito funciona e que muito me ajudou. É enxergar o outro como uma pessoa independente de mim, enxerga-lo(a) como um ser , um individuo tal qual como eu, com sonhos, desejos, gostos , gestos e suas particularidades que devem e precisam ser por mim respeitados.
Então!
Li no site de um psicólogo que agora me fugiu o nome que até a respiração, meditação, yoga ajuda pessoas com ciúmes crônicos. E procurar ter uma vida um pouco independente da vida dele(a), manter suas amizades, respeitando a deles.
E diálogo... é essencial, imprescindível para o sucesso de qualquer relação.
Maria tem a mania de andar olhando o face do João .... e outro dia ligou para ele fervendo com um comentário de uma "amiga" no mural dele. Depois que soltou literalmente o canil nele. Se arrependeu do que disse.
Mas o arrependendimento geralmente ou quase sempre nos visita tarde... né ?
Na resposta da Maria eu disse que talvez o face e a mania de ficar bisbilhotando a vida dele(a) fosse uma excelente oportunidade da mudança que ele tanto deseja.
Tente, exercite ver com outros olhos, o da naturalidade...
OU
Não olhe, foque em outros setores da sua vida, dê mais liberdade aos seus pensamentos. Não aprisione tanto a imaginação em pensamentos negativos e destrutivos.
Mas somos humanos e acima de tudo imperfeitos mas querer sempre foi poder.
E com Força, Foco e Fé conseguiremos vencer qualquer obstáculos. Principalmente quando o assunto em questão é a nossa melhoria e crescimento interior.
Segue algumas dicas do psicólogo Felipe de Souza


Se você não pode controlar o que ela pensa ou sente (muito menos do que você poderia controlar o que ela faz ou deixa de fazer)… como acabar com esta característica do ciúme?
Simples: lembre-se desta frase: “Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar”….
Ao invés de criar a imagem das garras que agarram um objeto qualquer, crie para o seu amor a possibilidade de voar, de ser livre, de pensar e sentir como um ser humano real (e não como um objeto que é posse sua), e…assim… se a pessoa voltar, terá motivos para voltar…e voltar…e voltar…

Bjs e até a próxima carta do leitor
E se você ai tem alguma dica para ajudar a Maria pode comentar a vontade.

Debby :)

2 comentários:

  1. Um tema bem complexo, como sofri com ciumes já affff...ainda bem que eu e meu esposo conseguimos superar, se não nem sei o que teria ocorrido. Ótimas explicações.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Debby!
    Existem vários tipos de ciúmes. O pior é o ciúmes patológico, mas existe o falso ciúmes - aquele que a pessoa finge sentir para esconder o seu próprio erro. Muitos homens se escondem atrás desse tipo de ciúmes para mascarar suas safadezas :D
    Não acredito muito no ciúmes, pois existe também a parte teatral, do drama, da manipulação do outro... Tive namorados e amigas ciumentas, então, tomei ojeriza e para a sua leitora aconselho ficar longe de gente ciumenta, pois são vampiros travestidos de gente!
    :D
    Beijus,

    ResponderExcluir

Aqui você vai chorar comigo, vai rir comigo, vai recordar comigo, vai se emocionar.. vai viver comigo.
Mas quando sair comente..
E me faça feliz! Debby :) :)

Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!