Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha 3019-8911 3052-1880

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Elas por Elas


Conheci a Daniela assim...

Solicitando um serviço de automóvel por aplicativo.

E vocês aqui, bem sabe o quão tagarela eu sou, no caso fomos.. eu e o WEll .... 

Pausa I

O Well é um colega de trabalho, que assim como eu, adora ouvir histórias que inspiram, que dão orgulho na gente, de simplesmente ser gente!

E como eu capta no ar, a energia, a verdade e o orgulho que aquela conversa desperta em quem é ouvinte e mais ainda no orador(a)

Fim de pausa I

Nossa ficamos encantados com uma história de vida contado (resumidamente) em menos de 10 minutos de trajeto.

E lá estava ela uma técnica em patologia clinica, funcionária de um hospital de grande porte em Salvador com  mãe, esposa, dona de casa e motorista de aplicativo em horas vagas... Pasmem!!
E perguntei " e compensa? Deterioração do carro, taxas de aplicativo, diesel ? Não é trocar 6 por meia duzia, e vc paga o carro com a grana do aplicativo?" 
Ela numa resposta curta disse: "me perdoe mas isso é mimimi de quem não quer correr atrás"


Há quem tenha medo de sair da zona de conforto, de falar orgulhosamente de peito aberto e mãos para a vida.. " com licença eu vou a luta" ... os famosos donos e representes dos mimis... que só enxergam o lado negativo ao começo de qualquer empreitada, para levantar do sofá e da famosinha sesta após o almoço.



O que nos encantou na Daniela em seus 4.2, é que as pessoas pensam logo: nossa, barril imagina o quanto deve ser luta, batalha, suor e lágrima a vida da criatura... sempre em busca de um trabalho alternativo além do hospital, vendia alguma coisa
Ouvi dela a seguinte frase
A vida perde um pouco o sentido quando você trabalha muito. Perdi alguns momentos em virtude do excesso de trabalho e de 6 anos para cá decidiu que não trabalharia mais em 2 empregos.
...
Na vida você não precisa de muito, basta apenas o suficiente.

Mas as contas não param e muito menos  diminuem.
A família adquiriu um carro novo para o filho rodar no aplicativo e assim manter suas despesas de faculdade.
O filho conseguiu um emprego em tempo integral...
E o carro ???
Ai foi o pula da gata rsrs, ela decidiu que pagaria o carro com o dro do aplicativo, a finalidade do carro foi essa.
Então... ela acorda (cedo) vai com o marido para academia, volta para casa, arruma o café da manhã, fazem a oração, depois cuida de algumas coisas da casa, do almoço e sai para rodar... onde ela tem a liberdade de fazer o horário dela.
Vi o brilho nos olhos dela pelo retrovisor, contando como administra ser mãe, esposa e dona de casa full-time, as 144 horas divididas em plantões noturno. E vocês sabem quando meus botões ficam aqui fervilhando né ? rsrs e já vi o post sendo elaborado

Assim como eu e tantas outras mulheres,  não deve ser nada fácil desempenhar plenamente tantos papeis, mãe, profissional, esposa entre outros.
E a Dani terapeuta!!! OI ?????
A paciente fulana de tal entrou no carro da Dani e começou a chorar .... Dani deixou ela desabafar bem, e a jovem disse que aquele dia seria o dia do julgamento do cara que assassinou a mãe dele e que o mesmo tinha fugido....
Dani parou o carro e orou junto com a jovem...  e a fulana de tal disse que aquela foi a melhor corrida que ela já tinha feito por aplicativo.


São histórias assim que movem meu mundo. Que me dizem que tudo se consegue pelo esforço, dedicação, perseverança e acima de tudo vontade de inventar, re-inventar de mudar, de fazer história dentro da própria história.

Gratidão Daniela por cruzar meu caminho.

                   
O que não quer dizer que em ramos de trabalho dessa natureza não exija esforço, perseverança, suor e algumas vezes lágrima mas é buscar o melhor do aprendizado em cada passageiro, é ouvir mais através do olhar pelo retrovisor central, é falar apenas o necessário, fazer novas amizades, é conhecer mais da sua própria história pela história do outro. E deixar o sentimento de gratidão lavar a alma ao final de cada corrida.

Bjs e até o próximo post
Debby :)


quinta-feira, 25 de abril de 2019

No tempo...


Incrível como com o tempo percebemos que nos sentimos mais fortes, mais superáveis, mais maduros até quando passamos por determinadas situações que antes borboleteavam nosso estomago, fazia o coração descompassar na garganta e colocávamos a mão no peito.... simplesmente passa abatida.

E é na dor, essa professora de lições ligadas diretamente a universidade da alma, que marca e modela nosso ser e nos ensina a nos precaver, a nos previnir, a querer , não querer, e mais ainda e não nos preocupar com a opinião de outro ser que não seja seu próprio eu! E na observação silêncio do nosso olhar panorâmico vamos aprendendo a nos auto-estimar mais, a nos querer mais!
Demora?

Obvio...
Leva tempo até que percebamos que nos frigir dos ovos o tempo é nosso, a dor é nossa, a lágrima, a alegria, a certeza, a dúvida... tudo, tudo nosso.
Nosso legado, nosso compêndio de sentimentos que esse próprio tempo ensina que podemos escolher aprender por amor, e com amor.
E ele o amor.... que refrigera tudo.. que atenua, alivia, que cura!

E é nesse mesmo tempo que hoje você rir do que te fez chorar ontem. POrque nesse momento fugaz de lucidez, nesse lampejo da soberania do inconsciente sobre o nosso ser consciente.. imaturo e as vezes irresponsável que percebemos que não enxergamos que Deus só quer única exclusivamente nosso bem. Quando nos afasta, quando separa, quando não tem que acontecer o que nos fará mal em qualquer sentido.
Ainda que nossa teimosia egoica, queira levar adiante, queira empurrar com a barriga um dia o castelo desaba na areia da desilusão, um dia  a verdade vem a tona desmascarando a meia verdade do inicio. Um dia o cansaço vence a vontade.

Mas Deus nos fez seus filhos  não foi a toa, não foi em vão.
E todos os dias nos dá sinais claros de que podemos sim, virar a mesa, jogar a toalha, chutar o pau da barraca, levantar a poeira e dar a volta por cima...

Basta querer!

sexta-feira, 8 de março de 2019

Myself


O bom da vida para quem escreve é que  a raiva, a tristeza, a decepção e seus belos opostos se esvaem como poeira no vento quando escrevemos.
E não ??
Não existem culpados a não ser nosso self... nosso próprio eu...
Porque quando o mundo exterior abala o interior é poque não existe blindagem suficiente, paz suficiente para trazeer a tona a tranquilidade de Jesus em seus piores momentos. 
E não ??
A pergunta não é porque ?
É para que ??
Porque tudo absolutamente tudo em nossas vidas  existe um propósito de redenção de ascensão e tudo, vem de Deus.
Então porque a decepção ???
Porque vem quando menos esperamos e de quem esperamos  menos ainda.
Mas dai o arrependimento bate de frente como aquele quebra-mar preparado para o embate,... que segura a raiva antes da glote!!!
Porque depois que a raiva ultrapassa esse limite o arrependimento é devastador, mas com o efeito educativo maravilhoso. Então você aprende com a alma pelo avesso a não ultrapassar a barreira do outro, o limite de tentar ajudar ao outro porque está sendo claro, obvio, notório de que  eu só vou até onde você permitir...


E a permissão é  uma vilã que vem de viés de encontro ao peito é quando a lágrima abre seu olho você nota o que não viu, escute o que antes não ouvia...  Mas Deus em sua misericórdia dá para momentos assim.... o tempo e os amigos.
Aqueles bons , sinceros e tão honestos que fazem a verdade doer em seus ouvidos.
Aqueles amigos que você agradece pelos simples motivo de compartilharem o mesmo espaço geográfico no planeta terra.
E ai sua alma se agiganta e você se percebe rindo faceira de si mesma e se perguntando...
- Como deixei, permiti algo tão pequeno, tão nanico mexer comigo ??


E no sorriso do ombro amigo você vê o reflexo gigante do seu próprio riso. 

Viu Só?? O vento levou .... e a brisa boa da reflexão também boa ficou...

E ele (meu amigo) acabou de me dizer ... "o maior problema as vezes (as vezes) está dentro de nós... ""
Revele-se!!! Descubra-se!!!
Fica a dica...


Porque tudo na vida ... é passageiro! Mas você é para sempre!!!

Até o próximo post
Debby :-)

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Vamos brincar com a Chica - 8


Então..

Uma palavra dada é uma frase formada.... 


Quando lemos a palavra "receita" o mundo gastrônomico se descortina em nossa mente não é ? mas a palavra receita está embutida em nossas vidas desde o nosso nascer

Papel e caneta na mão e vamos copiar as receitas...

1) no crochê < amooo >>> receita de terapia


Frase >>> Minha receita de correr pelo mundo sorrindo

2) Ahh caminhar pela praia.. existe receita melhor do que sentir os pés descalços e ver as pegadas na areia, para sentir a plenitude de estar vivo ???



Frase >> Receita para sentir Deus em cada passo!


3) Minha receita para terminar ... é como se  começa tudo .. Agradecendo.


Frase >> Chica, sua receita adoçou a minha alma!


Que maravilhaaa! kkk

Bjs e atá a próxima

Debby :)



quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Reciprocidade



Reciprocidade vem do latim "reciprocitas" é a correspondência mútua de uma pessoa ou de uma coisa com a outra.
Mas nesse mundão de hoje é uma palavra quase nunca posta em prática.. o materialismo avassalador a traduz da forma mais torpe que já vi... as pessoas não se importam mais como antes. Não se contemplam, se tocam, se respeitam ou se valorizam como antes e talvez por isso a reciprocidade esteja indo pela ladeira da indiferença, do cansaço da atenção de mais numa via de mão única.
Mas esquecemos que na vida assim como na arte... recebemos conformo damos, falamos, pensamos ou agimos. Simplesmente porque a lei de causa e efeito tão sabiamente por Deus criada rege na mais perfeita e correlata reciprocidade.

E seja lá qual for a sua relação... ela exige um minimo de reciprocidade para ser duradoura, harmônica, para ter um minimo de felicidade, de risos fartos, largos e acima de tudo sinceros. E a sinceridade é irmã quase gêmea da reciprocidade, sim !
Porque se você não for humanamente, minimamente sincero com você e com o minimo da representatividade do outro dentro de você... não vai rolar, não vai pra frente. Porque um dia o outro vai cansar de levar o teu sentimento, a tua amizade, o teu amor, a relação sozinho nas costas.... é uma via de mão dupla. 

Li num card pela net que a amizade não é uma coisa grande são milhares de coisas pequenas. E o que são essas coisas pequenas e simples que não advenham da reciprocidade?
Tenho um amigo que hoje é meu anjinho da guarda..e  ultimamente ele está vindo em minha memória, lembranças,,, e alguns momentos da minha atualidade ele faz muita, muita falta.
Aprendi a ler, admirar e tentar imitar ( kkkk) o Fernando Pessoa com ele.

E quando a saudade deixar de existir é porque reciprocidade não existiu. Porque a pessoa, a coisa, a relação simplesmente deixar de existir.. sem marcas, sem lembranças. 
Não me pergunte quem ou quando mas, certa vez, ouvi " Recebemos da vida, o que damos a vida" ... e esse receber é filho dileto da reciprocidade. Então se somos bons, por mais que o lado negro da força nos tente fazer chorar, iremos sorrir porque somos bons OU o atributo da justiça de Deus cairia por Terra.
E vamos chorar?!?!
Vamos  muitas, e muitas vezes porque o choro ( na minha opinião) lava a nossa alma e como uma draga retira o rejeitos, os detritos do que nos machuca, magoa, adoece!

Então, de vez em quando peço a um amigo.. diga uma palavra ai !!! ... quando quero simplesmente escrever.
E ontem ele "puxou meu tapete inspiracional" kkkkkkkk quando disse RECIPROCIDADE..

Eu ouvi o tchibum da minha inspiração no chão! kkkkkkkkkkkkkkkk

Mas precisa desopilar o fígado e escrever ...
Bjs e até o próximo post
Debby :)







terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

♥ Botando a cabeça pra funcionar nº 4 ♥




A imagem do dia é essa aqui:



Ele não tem idade...
Tem história e fez história
Quem não dançou ao som do Cartola onde as rosas não falavam
Mas exalavam poesia em cada giro do disco
Que não chorou ouvindo Pixinguinha no ts ts ts do disco arranhado
O seu famoso "carinhoso" onde o coração não sabia porque
mas batia feliz só em te ver 
E o mundo girava no giro do tempo, as canções
As poucas melodias com a mais fina poesia perderam-se
em um mundo de contradição, falta de inspiração 
de outros gêneros.
Onde buscamos 
nessa queda de qualidade da composição da música popular brasileira,
onde a bossa está deixando de ser nova
buscamos uma música de verdade

Mas a no giro do disco a música resisti, persisti e de vez em quando ouvimos
 nesse universo tão vasto e bonito
uma bela canção que fala sobre aquele poema sobre acreditar!





==> O LP (LONG PLAY) foi desenvolvido no final da década  de 40 para reprodução musical 




Eram as melindrosas e eu em 1978 com apenas 6 aninhos de idade amavaaaa esse foi o primeiro vinil que marcou a minha vida.


Bjs e até o próximo post
Debby :-)

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

A idade e seus ultrajes


Não!
Voltando em minha infância vejo
Que tinha ânsia em envelhecer; esquecendo.
Algumas vezes de alguns bons momentos viver.
O tempo que eu achava que corria fracionado
Hoje vejo que era muito acelerado...
Vejo-me correndo pela barra da saia da minha mãe a quem amava e ainda amo com muita paixão.
Quem me ensinou a respeitar o bom velhinho; o ancião.
Aos 15 anos eu urgia em viver os 20.


E achava muita elegância aos zeros que o tempo, a vida na idade acrescentava. E mais ainda quando a mulher sabia se comportar dentro do intervalo da sua idade. Talvez pré-julgando aquela de 50 que se comportava como a de 20 que eu achava errado. 
Mas meus botões adolescentes como sempre, se comportavam.
Se entendiam como se velhos fossem
E tão bem se davam.
Aos 30 pela minha nada mole vida, pela minha pressa em envelhecer, esqueci de amadurecer.
De crescer... 
E atropelei algumas etapas que deveriam ser vivenciadas, experimentadas após os 30 e com uma certa estabilidade financeira e emocional. Mas a vida é tão mágica que às vezes penso ser surreal.
E me ensinou que quando Deus quer mesmo que eu não queira, eu vou saber crescer, sorrindo e algumas vezes chorando. Mas, vivendo como tem que ser.
Cada ano, acrescentado neste meu viver.
Pouco tenho do que me arrepender exceto do que não fiz, pois tudo que fiz a luz da minha razão no momento, naquele instante considerava como certo.
Chegando aos 40, antes me aterrorizava. Mas hoje me sinto sim como dizem por ai: ((((Veja meu posto especial 40 anos)))) AQUI
-Na idade da loba.


É quando enfrento meus medos em silêncio...
É quando grito meus sons às vezes mudo e outros estampados; não nas minhas rugas, mas nas minhas ações. Nas minhas atitudes.
E que venham os anos, que marquem na pele a minha história.
Em cada sulco, em cada ruga. Uma cor, uma marca de vida, de experiência...
Onde em cada novo amanhecer
Irei tecer com o mesmo amor, o mesmo carinho cada página na história da minha arte de envelhecer.


Fiz esse texto participando de uma ciranda poética em 26/06/2012 e achei "ao acaso" numa pasta de backup.

Bjs
Debby :-)

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

SOS Brumadinho


E foi preciso 65 pessoas serem assassinadas, 288 (ao menos) serem dadas como desaparecidas para que nós escutássemos os gritos da natureza sobre as barragens de rejeitos de minérios de ferro,.
Mas... o que é mesmo uma barragem de rejeito de minério de ferro?
De acordo com o site Organics New Brazil :

"Uma barragem de rejeito é uma estrutura de terra construída para armazenar resíduos de mineração, os quais são definidos como a fração estéril produzida pelo beneficiamento de minérios, em um processo mecânico e/ou químico que divide o mineral bruto em concentrado e rejeito. O rejeito é um material que não possui maior valor econômico, mas para salvaguardas ambientais deve ser devidamente armazenado."

E não é só isso esse número pode subir.
Existem outras vitimas que não estão sendo contabilizadas

E muitos outros animais desapareceram... sumiram e também foram assassinados nesse mar de lama.

Tragédia ou não o que eu sinto é muita tristeza.., muita mesmo.

E me perguntei enquanto o sensacionalismo exorbitante das mídias ecoavam na tv... Deus , o Senhor com certeza tem uma explicação que não vimos a tempo, que não ouvimos a tempo, que não sentimos a tempo.

Recebemos da vida conforme damos a ela.... Olha a natureza viva ao nosso redor, quanta beleza ? Quanto perfume ? Quantos animais belos?  alguns hoje tão raros (devido a ação do homem ).

E fui bem no meu fundo, sentindo minha alma se rompendo por dentro, chorando juntos com aquelas pessoas e como doeu ver as árvores antes verdes e frondosas, cinzas, tristes... A natureza chorou em diversos tons de lama com os 11,7 milhões de metros cúbicos de rejeitos criados pelo homem.




No nulo conhecimento que tenho de engenharia ambiental, acredito que tenha algum ser humano capacitado que passou por cima dos números informando sobre clima, quantidade de rejeitos, o impacto disso no meio ambiente. Alguém sabia que algum dia isso iria acontecer.

E não é só isso... os familiares, os filhos, as mães, os pais, os irmãos, as esposas, os maridos estão em busca de seus familiares para fazer um velório digno, descente e acima de tudo humano. Estão sem respostas, sem noticias, feito zumbis vagando pelas ruas enlameadas... e vão para onde ? Esperar quem?

Mas podemos sim... ajudar de onde estivermos.
Orando pelas famílias desoladas, sem teto desabrigadas, pelos desaparecidos, pelos que morreram. 


Se você está em BH ajuda aqui:Mantimentos podem ser enviados para a sede da ONG E-Missão em Belo Horizonte: Rua Jaguari, 673 – Bonfim, Belo Horizonte – MG.

A ONG Transforma Brasil está convocando voluntários. A ação de emergência é fruto de uma parceria com a ONG mineira Emissão Hope. A maior necessidade é enviar psicólogos, médicos, assistentes sociais e voluntários para ajudar na limpeza e separação de donativos do local. Igrejas, ONGs, empresas e governos também podem disponibilizar voluntários através da plataforma para ajudar nas buscas e na arrecadação de água, roupas e alimentos. 

Veja mais aqui : ONG Tansforma Brasil
e aqui no site João Alberto: João Alberto.com

Se você está em outros estados dá uma olhada aqui.


Rio de janeiro ==> Shop Fashion Mall
                     ==> Shop Jardim Guadalupe

São Paulo       ==> Shop Metrô Tucurivi
                     ==> Shop Granja Vianna

Osasco           ==> Super Shop Osasco

Sorocaba        ==> Pátio Ciané Shop

Salvador         ==> Shop Paralela

Maceió            ==> Shop Pátio Maceió


Estão sendo aceitos água, alimentos não perecíveis, roupas e cobertores, materiais de higiene pessoal e limpeza, medicamentos humanos e veterinários.

Bjs
Debby :(



terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Botando a cabeça pra funcionar nº 2

Essa brincadeira acontece  sempre aos dias 5,15 e 25 de cada mês!
Vamos brincar?
Vi no blog da amiga Rosélia 



A imagem de hoje é essa:



E aqui estamos em mais uma brincadeira..


Assim como é mais fácil julgar do que ajudar
É muito mais cômodo reclamar do que agradecer

Pra quê sair de nossa famosa zona de conforto da acomodação e tirar o pó da preguiça e do apego debaixo do carpete roto de nossa reforma intima?

Porque agradecer dá mais trabalho do que reclamar?

Porque reconhecer é difícil, mexe com zonas tão pouco futucadas em nossas essência como humildade, compaixão e as vezes piedade. Sentimentos nobres que dão trabalho para praticar e o por que o que nos leva a prática é o hábito.



Nós já nascemos chorando.... reclamando!
Para que parar, encarar e TENTAR resolver...??? Me diz!

Pois a brincadeira segue em nossa imaginação e criação
Quem reclama azeda o coração
E quem agradece só tempo para ver o que faz bem ao coração.

E você ai... prefere adoçar ou azedar !?!?!?

Bjs
Debby :)